Grupos

O valor do Bolsa Família é pago aos beneficiários de acordo com os tipos de cadastros e de benefícios concedidos. Os benefícios estipulados pelo Governo Federal para concessão do Bolsa Família são os seguintes:

1.    Benefício básico

O benefício básico é aquele concedido às famílias em situação de extrema pobreza, consideradas entre elas as que possuem apenas uma renda de até R$ 85,00 mensais por pessoa. São cadastradas nesse benefício as famílias que dependem do Bolsa Família para as coisas mais básicas, como alimentação. O valor de cada benefício por pessoa é de R$ 85,00 mensais.

2.    Benefício variável à gestante

No benefício variável à gestante são incluídas as famílias que tenham, entre seus membros, mulheres gestantes. O valor mensal é de R$ 39,00, sendo destinado à família durante 9 meses, ou seja, durante o tempo de gestação, embora o início do período seja considerado como a data de início do pagamento e não da gravidez.

3.    Benefício variável de 0 a 15 anos

Para famílias que tenham entre seus membros crianças ou adolescentes entre 0 e 15 anos, é pago o benefício variável, destinando R$ 39,00 a cada criança ou adolescente que tenha idade nessa faixa etária. Neste benefício existe um limite de 5 pessoas por família

4.    Benefício variável nutriz

No benefício variável nutriz são incluídas famílias que tenham crianças com idade entre 0 e 6 meses, fazendo um pagamento mensal, em seis parcelas consecutivas, de R$ 39,00 por criança. O período é contado a partir da data de início do pagamento, havendo também um limite de 5 crianças por família.

5.    Benefício vinculado ao adolescente

O benefício vinculado ao adolescente agrupa as famílias que tenham, entre seus membros, adolescentes com idade entre 16 e 17 anos. O valor pago por adolescente é de R$ 46,00 por mês, considerando-se um limite de 2 beneficiários por família.

6.    Benefício para superação da suprema pobreza

Este benefício é exclusivo de famílias que vivem em extrema pobreza. A família pode receber um benefício extra, calculado caso a caso, para que consiga assim, atingir uma renda mínima essencial.

O valor mensal pago é calculado para que a família supere esse limite por cada pessoa.