Grupos

Penjing do Ropedar!

18:25 @ 17/09/2007

Penjing do Ropedar!


Com direito a bagre nadando e tudo!

Gente, exibo a flor da minha caliandra vermelha.

Tratava-se tb de um teste de postagem que enfim deu certo.

abçs

itamar

Gente, que maravilha, vejam as primeiras flores da microorquídea que cultivo.

abçs

Itamar nobre

Cheguei Pessoal ....

08:25 @ 18/09/2007

Em momento de confraternização no Horto...

... Itamar Nobre, Karenina, Felizardo, Edmar, Ronaldo Araújo e Luciene.

Viveiro do Nosso Amigo Sergivaldo Costa (Cabedelo. PB), registrado em visita este ano por Itamar, Edmar e Sergio.

Ficus benjamina e Ficus retusa

21:31 @ 19/09/2007


Ficus benjamina



Ficus benjamina Natasha



Ficus benjamina Monique



Ficus benjamina kaethi



Ficus benjamina Reginald



Ficus benjamina starligth



Ficus benjamina variegata



Ficus benjamina wiandi



Ficus elasticóides



Ficus retusa



Ficus retusa



 Bom, meus amigos, eis aí alguma das variedades do Ficus benjamina e o ficus retusa. Para os iniciantes na arte do bonsai ela é perfeita. Uma das espécies mais resistentes, baratas e fáceis de trabalhar que existem! Um abraço!

Dia da árvore

13:03 @ 21/09/2007

   

Comemoramos hoje o Dia da Árvore. Essa jurema branca ancestral é um símbolo de resistência e de consciência de preservação. Imagino quão idosa ela é.  Hoje  é o seu dia!

O Tamanho do Bonsai.

15:16 @ 23/09/2007

     Bonsais são cultivados em diversos tamanhos: anões, árvores que não ultrapassam 15 cm; pequenos, de 15 cm até 38 cm de altura; médios, com altura entre 38 cm e 76 cm  e grandes ou gigantes entre 76 cm e 1,20 m. (Noronha, F. A. Cultivando Bonsai no Brasil. Escrituras Ed, 1998. São Paulo. 2ª ed.)
   
     Acho que é uma questão de gosto pessoal a preferência por esse ou aquele tamanho do bonsai. O que importa é a arte e a técnica empregada no desenvolvimento do bonsai. Independentemente do tamanho, o bonsai propicia o mesmo encanto e atração em todos que o cultivam e o admiram.

     Vejam, por exemplo, essa exposição ocorrida em Taiwan, em 2003:



Belíssimas árvores de proporções médias para grandes.

     No mesmo Taiwan Bonsai Creators Exhibition estavam expostas, também,  encantadores bonsai de pequenas dimensões:




Grandes, médios ou pequenos...não importa. Todos os bonsai são belos e dignos de contemplação e respeito!

Nos dias 22 e 23 de setembro o Martins expôs seu trabalho em bonsai no Midway Mall. Vejam as fotos:

Cassiano Lamartine, Martins e Luiz Galvão (de Pernambuco)

Na exposição também havia a Flor do Deserto

abçs

itamar

Lá vem a primavera!

19:03 @ 23/09/2007

  
Monarcas acasalando-se

     Hoje, dia 23 de setembro, começa a primavera, a estação das flores! Quando criança costumávamos participar de "excursões" (essa palavra está em desuso?) escolares. Nos ônibus, durante a viagem, cantávamos com alegria estimulantes e pueris canções. Lembro-me bem de uma que falava em "Lá vem a Primavera carregando as suas flores. E vem no meio delas borboletas de mil cores" . Pronto, chegou no assunto que eu queria tratar: borboletas! São lindas e fundamentais no equilíbrio ecológico, na polinização das flores,  mas...cuidado! Atrás de uma simples borboleta podem vir dezenas de lagartas. As lagartas adoram folhas e bonsai tem folhas, certo?!


Lagarta da borboleta monarca


     As informações a seguir foram colhidas do interessante site www.jardimdeflores.com.br, o qual aconselho para todos do blog, e nos ensinam que a maior parte das pragas atacam geralmente na primavera, período de fertilidade e de grande atividade na natureza. Elas causam vários estragos nas plantas, além de favorecer o surgimento de doenças, principalmente fúngicas. As pragas geralmente se tornam um problema mais sério quando há um desequilíbrio ecológico no sistema onde a planta está inserida. Outras situações que podem favorecer o seu surgimento são desequilíbrios térmicos, excesso ou escassez de água e insolação inadequada. Mas, vamos falar hoje de lagartas:

Lagartas: Costumam atacar mais as plantas de jardim mas, em alguns casos, também podem danificar as plantas de interior. Fáceis de serem reconhecidas, as lagartas costumam enrolar-se nas folhas jovens e literalmente comem brotos, hastes e folhas novas, formando uma espécie de "teia" para proteger-se. Todas as plantas que apresentam folhas macias estão sujeitas ao seu ataque. As chamadas “taturanas” são lagartas com pêlos e algumas espécies podem queimar a pele de quem as toca.

Dicas:
Caso não apresente um ataque maciço (quando é indicada a aplicação um lagarticida biológico, facilmente encontrado no mercado), o controle das lagartas deve ser manual, ou seja, devem ser retiradas e destruídas uma a uma, lembrando que é importante usar uma proteção para a que a lagarta não toque na pele;
A Calda de Angico ajuda a afastar as lagartas e não prejudica a planta;

Calda de angico

Ingredientes:
100 g de folhas de angico
1 litro de água

Modo de fazer:
Coloque as folhas de angico de molho na água por cerca de 10 dias, misturando diariamente. Coe o chá e guarde em uma garrafa tampada. Quando for utilizar em pulverizações, dilua uma parte do extrato em 10 partes de água.


O uso de plantas repelentes, como a arruda, pode ajudar a mantê-las afastadas
Aves e pequenas vespas são suas “inimigas” naturais;

Precisamos lembrar que sem as lagartas, não teríamos as borboletas. Ao eliminá-las completamente, estamos nos privando da beleza e da graça desses belos seres alados. Mais uma vez, o equilíbrio é a chave.


Bom, amigos, por hoje é só. Os créditos das fotos são de John A. Thomas, encontradas em: www.jtbutterflies.com. Um abraço do ED!

Salve a Primavera!

15:24 @ 26/09/2007

Ed, obrigado pelo convite e um abço a todos.

Primavera à luz da lua

15:48 @ 26/09/2007

Olá, pessoal, cheguei em casa hoje, dia 26 de setembro de 2007, por volta das 19:30 hs, era noite e vi uma bela lua cheia. Tão cheia que me inspirou. Pensei: vou fazer uma foto dessa lua! Mas não teria sentido se ela estivesse só. Então fotografei um pequeno bonsai (com cerca de 20 cm de altura) de Bounganvíllea (primavera) em contraluz. Não resisti e escrevi um poeminha bem simples para ilustrar a minha inspiração. Vão a seguir a foto e a poesia. Curtam.

 

 

Á LUZ DA LUA PRIMAVERA

À luz da lua, primavera...

Tão bela qual fosse ela

Pensando ser a estação

Floresce feito quimera

Na contraluz da razão

Sentimentos manifesta

Flora cor de coração

Pensando ser primavera...

 

Bouganvíllea é primavera

O contrário talvez não

Mas flor que é flor reverbera

Tal luz da lua no chão

E cativa a quem ama

Do fundo do coração...

abçs

Itamar Nobre

 

Piteco desnudo e aramado!

19:30 @ 28/09/2007

      

Este pithecolobium tortum tá ficando uma gracinha. Não gosto do ápice, mas não vou podá-lo agora. -Itamar, nobre amigo! Lembra daquela jurema e o dilema do ápice? Este é um problema semelhante!


Com a  eliminação do ápice atual ela ficaria assim:




Ou, então, desta outra forma:


   


Estivemos visitando o Ronaldão sábado passado, no Horto. Breves momentos de descontração e muita arte!

Trabalhando com a jurema branca

14:57 @ 29/09/2007