Grupos

O que é Diabetes Gestacional? O diabetes gestacional é uma condição caracterizada por aumento dos níveis de glicose no sangue, que é reconhecida pela primeira vez durante a gravidez. A condição ocorre em aproximadamente 4% de todas as gestações. Causas A diabetes gestacional é um quadro de hiperglicemia no sangue. e é causado pelas alterações hormonais que não realizam as funções normais de regulação dos índices glicêmicos do corpo. Ou seja, a insulina, que é o hormônio responsável por regular o açúcar do sangue, não promove essa estabilidade, gerando o aumento de glicose no sangue. Fatores de risco Qualquer mulher pode desenvolver diabetes gestacional, mas algumas mulheres estão em maior risco. Fatores de risco para o diabetes gestacional são: Idade superior a 25 anos Histórico familiar de diabetes Diabetes gestacional anterior Bebês de gestações anteriores que nasceram com mais de 4 kg Gestações anteriores com bebê natimorto inexplicável Tolerância à glicose diminuída ou glicemia de jejum alterada (níveis de açúcar no sangue altos, mas não o suficiente para ser diabetes) Aumento do líquido amniótico (uma condição chamada de polidrâmnio) Excesso de peso antes da gravidez Ganho excessivo de peso na gravidez Raças negra, hispânica, indígena ou asiática. Quais os Sintomas de Diabetes Gestacional O diabetes gestacional raramente causa sintomas, dessa forma, é preciso fazer exames periódicos durante toda a gravidez, principalmente entre as semanas 24 e 28. É importante fazer esses exames uma vez que o açúcar elevado no sangue pode causar problemas para você e seu bebê. Às vezes, o diabetes gestacional pode causar sintomas. Veja: Aumento da sede, o aumento da micção, o aumento da fome, visão turva, fraqueza e inchaço nas pernas e nos pés. Diagnóstico de Diabetes Gestacional O diabetes gestacional é geralmente diagnosticado entre a 24ª e 28ª semanas de gravidez, quando a resistência à insulina geralmente começa. Se você já teve diabetes gestacional antes ou tem alto risco para desenvolver o problema, pode fazer os exames antes da 13ª semana de gravidez. São feitos 2 tipos de exames, um é chamado de curva glicêmica, onde a paciente ingere uma quantidade de glicose para fazer as medições da glicemia no sangue, se o nível de açúcar no sangue for superior a 150 mg / dL, já é um alerta para diabetes gestacional. O outro exame é a medição direta do açúcar no sangue em jejum, se o nível de açúcar no sangue estiver acima de 126 mg/dl em jejum, uma segunda avaliação também deve ser feita. Apenas o resultado de uma medida adicional pode confirmar a suspeita de diabetes gestacional. Tratamento de Diabetes Gestacional Se você tem diabetes gestacional, você deverá fazer mudanças de estilo de vida para ter uma gravidez tranquila: Monitorar seu açúcar no sangue: Enquanto você estiver grávida, deverá verificar o seu açúcar no sangue quatro a cinco vezes por dia, de manhã em jejum e após as refeições para se certificar de que eles permanecem dentro de uma faixa saudável. Sua equipe de saúde vai monitorar e gerenciar o açúcar no sangue durante o parto. Se o seu açúcar no sangue sobe, o pâncreas do bebê pode liberar altos níveis de insulina, o que pode causar hipoglicemia em seu bebê logo após o nascimento. Dieta saudável: Comer os tipos certos de alimentos em porções saudáveis é uma das melhores maneiras de controlar o açúcar no sangue e evitar o ganho de peso. Exercício: A atividade física regular tem um papel fundamental no plano de bem-estar antes, durante e após a gravidez. Exercício reduz o nível de açúcar no sangue, estimulando o corpo a mover a glicose para as células, onde é utilizada para produzir energia. Embora o quadro de diabetes gestacional seja terrível e perigoso, é possível tratar e regular a glicemia se o tratamento for seguido corretamente, porque os níveis de açúcar no sangue diminuirão gradualmente até serem curados. Você pode amamentar sem se preocupar. Mas é importante não se descuidar mesmo após o parto. Fazer exames periódicos e ser acompanhada por um médico ou nutricionista é essencial para garantir a cura da diabetes.