Grupos


A História de Lula: O Filho do Brasil O relato emocionante da origem do torneiro-mecânico que se elegeu presidente da república, e de como seu amor pela mãe fez com que ele transformasse o impossível em realidade. Pouco depois da cerimônia do seu primeiro casamento, na hora de partir para a lua-de-mel, Luiz Inácio, caçula de D. Lindu, agarrou a mãe e desatou a chorar. Ia morrer de saudades. Ele se recompôs e viajou com sua esposa, mas voltou antes do planejado, de tanta falta que sentia de D. Lindu. O episódio, relatado neste livro por Denise Paraná, dá a dimensão da ligação entre Lula, na época dando seus primeiros passos no sindicalismo, e sua mãe. Não é de se espantar, portanto, que a figura de D. Lindu – uma mulher cuja meta de vida era criar os oito filhos de maneira digna – tenha norteado a existência do homem que é hoje um dos políticos mais influentes do mundo. Foi graças ao exemplo dela que Lula conseguiu superar as inúmeras tragédias e desafios que surgiram no seu caminho. A História de Lula, o Filho do Brasil revela a importância da mãe para a formação do líder e mostra como um menino tímido se transformou, nos anos 70, no principal sindicalista brasileiro. O livro narra ainda alguns dos episódios mais dramáticos da vida de Lula, como os maus tratos sofridos na mão do pai alcoólatra, o acidente que lhe custou um dedo e a morte de sua primeira esposa e do filho que ela estava esperando.

SAIBA MAIS CLIQUE AQUI

Conheça os emagrecedores que estão bombando. Compre agora com 6% OFF no Boleto!

A Vida Quer é Coragem: a Trajetória de Dilma Rousseff, a Primeira Presidenta do Brasil A trajetória pessoal da presidenta Dilma Rousseff e a história do Brasil moderno se entrelaçam numa grande reportagem. Do suicídio de Getúlio Vargas, quando era criança, ao golpe de 1964, quando se aproxima das organizações de esquerda. Da clandestinidade, prisão e tortura na ditadura militar, à luta pela anistia e pela redemocratização. O encontro de Dilma com Leonel Brizola, na fundação do PDT, e sua aproximação com Lula, durante o apagão e na campanha eleitoral de 2002. A chefia da Casa Civil, que assume em plena crise do mensalão, os bastidores da reeleição, a luta contra o câncer e a vitória nas eleições de 2010: uma história de resistência, esperança e coragem.

SAIBA MAIS, CLIQUE AQUI


Conjunto de 4 anéis (ajustáveis) folheados a ouro, semelhantes aos utilizados pela personagem Amora (novela Sangue Bom)

Conjunto contendo 3 anéis Xuxa c/ banho de ouro, prata e banho onix
Na Riqueza Magazine você ganha em até 7 níveis sem investir nada | Faça seu cadastro agora e saia da crise!

Mulher, Raça E Classe

11:24 @ 21/01/2017

Angela Davis coloca-nos diante de uma questão teórica das mais relevantes e que atualmente tem sido negligenciada até mesmo pela tradição marxista: a relação entre a reprodução da sociedade capitalista e a constituição das subjetividades. O capitalismo é uma forma de sociabilidade baseada na troca mercantil. Todavia, a troca mercantil capitalista é determinada pela produção em que predomina a exploração do trabalho assalariado. Predomina, o que não significa dizer que o trabalho assalariado é a única forma de trabalho no capitalismo; como demonstra Davis, a escravidão e a servidão articularam-se de modo singular com o capitalismo nas mais distintas formações sociais, adaptando-se a diferentes realidades e costumes ou simplesmente dissolvendo e destruindo tradições não compatíveis com a lógica do capital.

Assim, a divisão social e o conflito são marcas estruturais da sociedade capitalista, uma sociedade que só pode ser compreendida se dividida em classes, as classes em grupos, e os grupos em indivíduos, num processo permanente de classificação de indivíduos e de grupos sociais por critérios de pertencimento nacional, racial, sexual e de gênero que têm o Estado como principal artífice .

SAIBA MAIS, CLIQUE AQUI

Conheça os emagrecedores que estão bombando. Compre agora com 6% OFF no Boleto!

Mujica: a Revolução Tranquila – Mauricio Rabuffetti Mujica – A revolução tranquila é um retrato moderno e humano do presidente uruguaio, que parte de sua fama mundial para explorar a extraordinária vida de um personagem que gera polêmica em seu país ao mesmo tempo em que é aclamado pelo mundo. O livro de Mauricio Rabuffetti é um retrato profundo, dinâmico e revelador sobre um líder político que tem marcado o seu tempo histórico e tornou-se uma figura analisada em âmbito mundial. As chaves para a sua popularidade, as razões para algumas de suas decisões mais comentadas e explicações para seus fracassos aparecem em uma narrativa vertiginosa que descreve em detalhes esse líder intransigente que cultua um estilo de vida simples. O livro aborda questões, tais como: Como esse líder foi forjado? Por que esse homem desperta tantas paixões? O que o fez encarar a morte e trilhar um caminho de espinhos e armas em direção à paz? Como a lei de liberação da maconha foi concebida? Qual foi seu real envolvimento no processo de paz na Colômbia e no relaxamento do embargo sobre Cuba? E, mais importante: Qual será o legado do presidente mais popular do planeta?

LIVRO DIGITAL - ILUSTRADO COM FOTOS -  PDF * E-BOOK

SAIBA MAIS, CLIQUE AQUI

Conheça os emagrecedores que estão bombando. Compre agora com 6% OFF no Boleto!

(E-book de Memorização)

Técnicas simples, consagradas e eficazes de memorização! Estudos e pesquisas nacionais e internacionais comprovam!! Quem utiliza técnicas básicas e avançadas de memorização está à frente nos estudos, provas ou exames admissionais (profissionais), de vestibulares e concursos, ocupando as primeiras posições na lista de aprovados. Mas, nem todos obtêm os mesmos resultados com os mesmos métodos ou processos mnemônicos! Por quê?! Com ilustrações explicativas de fácil entendimento, este e-book excepcional traz a você, a concepção fun-damental sobre o que é e como cada indivíduo pode memorizar números, listas, nomes, objetos, pessoas, lugares, fatos ou acontecimentos, etc., com técnicas simples, consagradas e eficazes de memorização, através de estruturas globais de aprendizagem. E, a partir daí, evoluir rapidamente para níveis altos da capacidade cerebral. Além disso, ele mostra como qualquer pessoa pode inventar seus próprios métodos ou processos de memorização de quaisquer informações, a qualquer momento.

LIVRO DIGITAL - PDF * E-BOOK

SAIBA MAIS, CLIQUE AQUI

 

Arma Da Teoria Unidade E Luta

22:32 @ 22/01/2017

Arma da teoria: unidade e luta, por Amílcar Cabral. Seara Nova, 1978.

Teoria e prática como dimensões inseparáveis da prática revolucionária. A fusão da caneta e do fuzil tem nome e sobrenome: Amílcar Cabral

Vamos continuar o nosso trabalho e vamos tentar conversar um bocado com os
camaradas, sobre alguns princípios do nosso Partido e da nossa luta.
Os camaradas que tiveram conhecimento de um documento que foi publicado
com o nome de «Palavras de Ordem Gerais do nosso Partido», feito em 1965,
devem lembrar - se que na parte final desse documento há um capítulo que é
«Aplicar na prática os princípios do Partido». Claro que nestas palavras de
ordem falou- se de alguns princípios bastante gerais e hoje nós podemos
conversar sobre mais princípios ainda, além desses. Claro que todos sabem
isso, mas às vezes não sabem que isso é que é o fundamental, as bases,
princípio da nossa luta.
A nossa luta tomada no seu aspecto fundament almente político, no seu aspecto
principal que é o aspecto político. Claro que, para definirmos, por exemplo, a
estratégia e até as tácticas que adaptamos na nossa luta armada de libertação,
outros princípios foram enunciados, embora esses princípios de luta armada
não sejam mais do que a passagem dos nossos princípios gerais para o campo
da luta armada.
Um primeiro princípio do nosso Partido e da nossa luta, que todos nós
conhecemos bem, é: «Unidade e Luta», que é mesmo a divisa, se quiserem, o
lema do nosso Partido. Unidade e Luta.

livro DIGITAL - PDF * E-BOOK

SAIBA MAIS, CLIQUE AQUI

Conheça os emagrecedores que estão bombando. Compre agora com 6% OFF no Boleto!
Conjunto de 4 anéis (ajustáveis) folheados a ouro, semelhantes aos utilizados pela personagem Amora (novela Sangue Bom)

Conjunto contendo 3 anéis Xuxa c/ banho de ouro, prata e banho onix

Manuscritos Do Mar Morto

15:36 @ 28/01/2017


A ambiciosa policial Heather Kennedy está em seu trabalho mais difícil: seus métodos de investigação são criticados e ela está sendo assediada por colegas rancorosos porque não lhes dá atenção. Até que lhe é atribuída o que parece ser uma investigação de rotina, sobre a morte acidental de um professor da Faculdade Prince Regent, mas a autópsia deste caso volta com algumas descobertas incomuns: o inquérito vincula a morte deste professor às de outros historiadores que trabalharam juntos em um obscuro projeto sobre um manuscrito do início da Era Cristã.

Em seu escritório, Kennedy segue com sua investigação e logo se preocupa com o rumo para onde está sendo levada. Mas ela não está sozinha em sua apreensão. O ex-mercenário Leo Tillman — seu futuro parceiro — também tem angustiantes informações sobre estes crimes. E sobre a misteriosa organização mundial a que os crimes se relacionam... Escondido entre os pergaminhos do Mar Morto, um códice mortal pretende desvendar os segredos que envolvem a morte de Jesus Cristo. 

Entre um terrível acidente de avião no deserto americano, um brutal assassinato na Universidade de Londres e uma cidade-fantasma no México, Manuscritos do Mar Morto é o mais emocionante thriller desde O código Da Vinci. 

SAIBA MAIS, CLIQUE AQUI

O Codigo Do Apocalipse

16:34 @ 28/01/2017

Depois das investigações de Manuscritos do Mar Morto, a ex-detetive Heather Kennedy recebe um telefonema com uma proposta de trabalho. Um suposto roubo no Museu Britânico precisa ser investigado.
Kennedy rapidamente deduz que alguém teve acesso a livros sobre Johann Toller, um profeta europeu louco do século 17. Acreditando que o fim dos dias estava em suas mãos, Toller fez uma série de previsões relacionadas ao Apocalipse e aos eventos que o precederiam. Mas nenhuma delas havia se tornado realidade até então. Agora, pouco a pouco, os sinais se confirmam.
Com a ajuda do mercenário e antigo parceiro Leo Tillman e de uma jovem que pertence a uma tribo secreta, Kennedy deve lutar para impedir que a próxima profecia se concretize: a destruição de uma cidade sem nome...

SAIBA MAIS, CLIQUE AQUI

Conheça os emagrecedores que estão bombando. Compre agora com 6% OFF no Boleto!
Conjunto de 4 anéis (ajustáveis) folheados a ouro, semelhantes aos utilizados pela personagem Amora (novela Sangue Bom)

Conjunto contendo 3 anéis Xuxa c/ banho de ouro, prata e banho onix

Amuletos & Talismãs Ciganos

20:00 @ 28/01/2017

Ainda persiste uma certa confusão quanto à diferença entre amuleto e talismã. Amuleto protege, Talismã provoca mudanças na sorte e no destino.

SAIBA MAIS, CLIQUE AQUI

PRINCÍPIOS DA AROSOFIA CIGANA

L P Baçan


A utilização de metais, de pedras preciosas, de cartas de baralho, da astrologia, de amuletos e talismãs pelos ciganos, em seus oráculos e em seus rituais, é do conhecimento comum.
Estamos apresentando, ao longo de nossas publicações, alguns elementos novos, como o da Frenologia, das Simpatias Estáticas e, agora, o da Arosofia, até então restrita aos círculos ciganos e, segundo nos conta, jamais divulgada antes.
A Arosofia é uma ciência e uma arte ao mesmo tempo, muito utilizada pelos ciganos, mas muito pouco divulgada. Consiste no uso de anéis ou aros de metal nos dedos, a partir de um conhecimento antigo, que leva em conta o metal utilizado e a disposição dos anéis nos dedos das mãos. Para praticá-la, conforme os rituais a seguir, é importante observar com muita atenção as explicações e a disposição dos anéis. SAIBA MAIS, CLIQUE AQUI

Na Riqueza Magazine você ganha em até 7 níveis sem investir nada | Faça seu cadastro agora e saia da crise!

Bitcoin A Moeda Na Era Digital

14:21 @ 29/01/2017

A moeda precisava ser reformada. Mas o governo
e os cartéis bancários não tinham nenhum interesse nessa empreitada.
Eles beneficiavam-se desse sistema ruim. Centenas de livros
e conferências foram realizados incitando uma restauração do universalismo
do mundo antigo do padrão-ouro. Os governos, porém, os ignoraram.
O impasse tornou-se particularmente intenso depois de os
últimos vestígios do padrão-ouro serem eliminados na década de 70.
Mentes brilhantes tinham prateleiras repletas de planos de reforma,
mas eles acumularam nada além de pó.
Tal era a situação até 2008, quando então Satoshi Nakamoto tomou a
iniciativa incrível de reinventar a moeda na forma de código de computador.
O resultado foi o Bitcoin, introduzido ao mundo na forma menos
promissora possível. Nakamoto lançou-o com um white paper em um fórum
aberto: aqui está uma nova moeda e um sistema de pagamento. Usem
se quiserem.
Agora, para sermos justos, já haviam ocorrido tentativas prévias de
projetar tal sistema, mas todas falharam por uma das duas razões: 1) eram
usualmente detidas de forma proprietária por uma empresa comercial e,
portanto, apresentavam um ponto centralizado de falha; ou 2) não superavam
o chamado problema do “gasto duplo”.

O Bitcoin, por outro lado,era absolutamente não reproduzível e construído de tal modo que seu registro
histórico de transações possibilitava que cada unidade monetária
fosse conciliada e verificada no decorrer da evolução da moeda. Ademais,
e o que era essencial, a moeda residia em uma rede de código-fonte aberto,
não sendo propriedade de ninguém em particular, removendo, assim, o
problema de um ponto único de falha. Havia outros elementos também:
a criptografia, uma rede distribuída, e um desenvolvimento contínuo tornado
possível por meio de desenvolvedores pagos pelos serviços de verificação
de transações por eles providos.
Dificilmente passa um dia sem que eu – assim como muitos outros –
me maravilhe na formidável genialidade desse sistema; tão meticuloso,
tão aparentemente completo, tão puro. Muitas pessoas, até mesmo economistas
da Escola Austríaca, estavam convencidas da impossibilidade de
reinventar o dinheiro em bases privadas (F. A. Hayek foi a grande exceção,
tendo sugerido a ideia ao redor de 1974). Entretanto, tornou-se um fato

inegável que o Bitcoin existia e obtinha um valor de mercado.

Dois anos após ter sido lançado ao mundo, o bitcoin atingiu a paridade com o dólar americano – algo imaginado como possível por muito poucos. SAIBA MAIS, CLIQUE AQUI

 

A Arte E O Urbanismo Romano

17:18 @ 29/01/2017

Descreve a arte romana. 

Caracteriza o urbanismo romano. 

Explica as características adoptadas.

Distingue -as das características originais.

Avalia o legado artístico que Roma  deixou à Europa.

LIVRO EM PDF ILUSTRADO, 83 PAGINAS DIGITAIS, E-BOOK

SAIBA MAIS, CLIQUE AQUI

O Poder dos Candomblés

18:39 @ 29/01/2017

Nos tempos atuais de crescente visibilidade pública dos candomblés, dos seus registros nos livros de tombo e da retórica de preservação dos patrimônios culturais afro-brasileiros, não resulta supérfluo lançar um olhar atento para um passado não tão remoto em que tais práticas de matriz africana eram ora silenciadas, ora perseguidas e depreciadas porquanto identificadas com atraso e desvio dos modelos civilizatórios europeus.
 
Se esse olhar retrospectivo resulta salutar ao constatar o quanto se avançou, ele também nos alerta para o quanto ainda se precisa avançar, pois os discursos da intolerância religiosa de ontem se alastram até hoje, embora em novos púlpitos, com os mesmos efeitos perniciosos. Nesse sentido, o livro de Edmar Ferreira Santos atinge uma meta que qualquer pesquisa em história social pode almejar: a de nos permitir compreender em detalhe a complexidade do passado para, através dele, iluminar os paradoxos do presente.
 
Filho da cidade de Cachoeira, no Recôncavo baiano, poeta, professor, militante antirracista, formado em história, mas com interesse interdisciplinar na antropologia, Edmar Ferreira é conhecedor atento da vida cultural e religiosa da heroica cidade e sabedor de alguns dos seus segredos. Talvez por isso ele tenha decidido debruçar-se no universo da história local e, com palavras medidas, nos evocar, nos ajudar a imaginar as luzes e as sombras de figuras, enredos e memórias que, empoeirados, há muito esperavam ser descortinados, nas entrelinhas dos documentos.
 
De fato, a história política e cultural de Cachoeira na República Velha, mais precisamente nas três primeiras décadas do século XX, constituía um universo e período que ainda ninguém abordara de forma criteriosa e sistemá- tica. Apenas por esse aspecto, a obra que se segue seria digna de destaque e interesse, mas não só. 
SAIBA MAIS, CLIQUE AQUI

Conheça os emagrecedores que estão bombando. Compre agora com 6% OFF no Boleto!