Grupos


 
Copel começa testes de conexão pela rede elétrica

por Norberto Staviski | Gazeta Mercantil

14/04/2009 Moradores escolhidos navegam de graça com conexões de 10 Mbps depois que a Anatel regulamentou a internet pela rede elétrica

Na pequena Santo Antônio da Platina, região do Norte Pioneiro do Paraná, distante 370 km de Curitiba, um grupo de moradores escolhidos em todos os níveis sociais está convivendo com mais uma inovação tecnológica das que não param de acontecer na área de telecomunicações.

Eles estão navegando de graça pela internet com conexões de 10 Mbps depois da aprovação pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) da regulamentação que disciplinou a exploração das telecomunicações por rede elétrica.

Na semana passada, a Companhia Paranaense de Energia (Copel) iniciou com eles os seus testes de desempenho da tecnologia Power Line Communications (PLC), que converte a fiação de energia elétrica em meio físico para conexão com sistemas de comunicações e telecomunicações em banda larga.

Os 10 primeiros

Na primeira semana deste mês a Copel conectou dez dos 300 usuários que integram o grupo de amostragem da experiência. Nela, a companhia investiu R$ 1 milhão para a aquisição dos equipamentos, modems e amplificadores de origem sueca, que estão em fase final de instalação, de olho no mercado potencial dos seus 3,5 milhões de consumidores em todo o Estado.

"O usuário atualmente paga um preço determinado pela capacidade e velocidade da sua conexão, não importando se ele a utiliza bastante, pouco ou quase nada", informa Orlando César de Oliveira, coordenador do projeto de PLC da Copel.

"Imaginamos ser possível implantar um sistema de cobrança mais justo, que leve em conta a utilização real e efetiva do internauta", acrescenta. Nas simulações feitas pela empresa, a modificação na forma de cobrança pode resultar numa redução pela metade dos preços cobrados hoje pelos sistemas convencionais de conexão.

Em 2001 a Copel realizou a primeira experiência com a tecnologia PLC no Brasil, testando-a em 50 domicílios de Curitiba, mas o plano foi abandonado devido ao pouco desenvolvimento do que existia à época, onde as conexões não ultrapassavam os 2 Mbps de velocidade. A atual tecnologia possibilita velocidades de transmissão de até 200 Mbps, segundo os fabricantes.

" A inovação deve democratizar o acesso da população a esses serviços, aumentando a concorrência e servindo de alternativa às companhias que monopolizam as telecomunicações no Brasil, contribuindo para baratear os preços cobrados", disse o presidente da estatal paranaense, Rubens Ghilardi. A exploração comercial da internet pela rede elétrica foi autorizada pela Anatel, mas a de telefonia fixa ainda terá de esperar. Sua liberação é vista, porém, como questão de tempo.

Triple play é a oferta

Segundo ele, o interesse das empresas de eletricidade na PLC é o de concorrer com as operadoras de telefonia fixa oferecendo no futuro um pacote com transmissão de imagem, dados e voz. A Copel ainda não definiu um preço para o serviço, mas simulações apontaram para a possibilidade de rentabilidade de até 700%.

A maior parte da transmissão será feita pela rede de fibra óptica da companhia com 11 mil quilômetros e que já atende a 185 dos 399 municípios do estado. Com mais alguns investimentos, serão atendidos todos os seus 3,5 milhões de clientes no mais de 300 municípios do estado, onde detém 98% do mercado, com um tipo de capilaridade que somente a mineira Cemig também possui no País. "Entrar no mercado de telefonia fixa vai permitir à Copel uma alavancagem brutal em seus rendimentos futuros", imagina Rubens Ghilardi. Em 2008, a estatal paranaense faturou R$ 5,459 bilhões, lucrando R$ 1,55 bilhão.

Piloto aberto a todos

Até o final de abril, todos os demais usuários que se cadastraram voluntariamente para participar do projeto piloto estarão conectados pelas redes elétricas equipadas para, além de eletricidade, transportar sinais digitais de imagem, som e dados. Eles terão a incumbência de, durante um ano, monitorar e avaliar criticamente o desempenho da tecnologia, produzindo relatórios periódicos para a Copel.

O PLC é uma tecnologia através da qual os sinais de telecomunicação utilizam o mesmo meio físico que a energia elétrica. Como os sinais de comunicação e de energia têm frequências diferentes (alta para os de comunicação e baixa para os de energia), eles podem compartilhar o mesmo meio físico sem interferências entre si. Ou seja, além de eletricidade, uma tomada pode fornecer acesso a diversos outros serviços, como internet em banda larga.

Sistema matricial

A tecnologia consiste em instalar um modem conhecido como "master" na rede elétrica secundária da baixa tensão que, por sua vez, se comunica com outros modems instalados em qualquer tomada daquele mesmo circuito, possibilitando velocidades de transmissão de até 200 Mbps. Aos seus modems, os usuários conectam computadores ou telefones IP (internet protocol) via cabo ou wi-fi (rede sem fio). As redes elétricas secundárias se interligam a redes primárias de fibras ópticas da mesma forma que nas tecnologias ADSL das operadoras de telefone ou TV por assinatura.

fonte http://www.itweb.com.br/noticias/index.asp?cod=56501

**********************

Parabéns a nossa COPEL

Abs
Serginho - Sucesso
Ocupando o latifúndio improdutivo da internet !
"Posso não ver a colheita,
mas não abro mão de ser semente"



--------------------




Ministros do STF voltam a bater boca em plenário

Em discussão de 13 minutos, Joaquim Barbosa disse que Gilmar Mendes destrói a credibilidade da Justiça brasileira

Em uma cena cada vez mais frequente na mais alta Corte do país, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, e o ministro Joaquim Barbosa bateram boca ontem no plenário do tribunal.

Em 13 minutos, das 17h40min às 17h53min, quando a sessão do tribunal caminhava para o encerramento, Barbosa transformou uma cobrança de informações do presidente do STF, Gilmar Mendes, em uma agressão verbal. A contundência das agressões de parte a parte levou os demais ministros a fazer uma reunião extraordinária para tratar do bate-boca. O encontro durou três horas e meia e resultou em uma nota de apoio a Mendes, assinada por oito ministros. Barbosa foi embora do tribunal e não participou do encontro, que definiu ainda o cancelamento de uma sessão do tribunal, prevista para hoje.

Barbosa disse ao presidente do Supremo que ele deveria “ir à rua”, insinuando que a população reprova sua atuação no STF. Ele chegou a dizer que Mendes está “destruindo a credibilidade do Judiciário brasileiro”.

Os ministros Carlos Ayres Britto e Marco Aurélio Mello tentaram arrefecer os ânimos e encerrar o bate-boca.

– A discussão está descambando para um campo que não se coaduna com a liturgia do Supremo – disse Marco Aurélio.

Ainda revoltado, Barbosa disse que Mendes não tratava naquele momento com “seus capangas de Mato Grosso”.

Mendes e Barbosa tiveram desentendimento em 2007

A discussão ocorreu enquanto o plenário do STF analisava dois recursos apresentados ao tribunal contra leis julgadas inconstitucionais pela Corte. Uma das ações questiona a lei que criou o Sistema de Seguridade Funcional do Paraná, em 1999. O segundo recurso questiona lei, considerada inconstitucional pelo STF, que definiu que processos contra autoridades com foro privilegiado continuam sob análise do tribunal mesmo após o réu não estar mais na vida política.

Não é a primeira vez que Mendes e Barbosa discutem. Em agosto de 2007, embora em tom mais ameno que o de ontem, os dois bateram boca por uma lei que beneficiava servidores de Minas Gerais. Na época, Mendes preferiu reduzir a importância do ocorrido.

– Quem acompanha as sessões do STF sabe que há debates mais exacerbados, falas mais enfáticas.

Ao dizer que Mendes estava “destruindo a credibilidade do Judiciário’’
, Barbosa se referia a polêmicas recentes protagonizadas pelo presidente. Chamado por detratores de “líder da oposição’’, o ministro entrou em choque com o Executivo ao levantar a acusação de que o Planalto havia criado mecanismos de Estado policial por meio de supostos abusos cometidos pela Polícia Federal.

fonte 

Ministros do STF voltam a bater boca em plenário

Em discussão de 13 minutos, Joaquim Barbosa disse que Gilmar Mendes destrói a credibilidade da Justiça brasileira

Em uma cena cada vez mais frequente na mais alta Corte do país, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, e o ministro Joaquim Barbosa bateram boca ontem no plenário do tribunal.

Em 13 minutos, das 17h40min às 17h53min, quando a sessão do tribunal caminhava para o encerramento, Barbosa transformou uma cobrança de informações do presidente do STF, Gilmar Mendes, em uma agressão verbal. A contundência das agressões de parte a parte levou os demais ministros a fazer uma reunião extraordinária para tratar do bate-boca. O encontro durou três horas e meia e resultou em uma nota de apoio a Mendes, assinada por oito ministros. Barbosa foi embora do tribunal e não participou do encontro, que definiu ainda o cancelamento de uma sessão do tribunal, prevista para hoje.

Barbosa disse ao presidente do Supremo que ele deveria “ir à rua”, insinuando que a população reprova sua atuação no STF. Ele chegou a dizer que Mendes está “destruindo a credibilidade do Judiciário brasileiro”.

Os ministros Carlos Ayres Britto e Marco Aurélio Mello tentaram arrefecer os ânimos e encerrar o bate-boca.

– A discussão está descambando para um campo que não se coaduna com a liturgia do Supremo – disse Marco Aurélio.

Ainda revoltado, Barbosa disse que Mendes não tratava naquele momento com “seus capangas de Mato Grosso”.

Mendes e Barbosa tiveram desentendimento em 2007

A discussão ocorreu enquanto o plenário do STF analisava dois recursos apresentados ao tribunal contra leis julgadas inconstitucionais pela Corte. Uma das ações questiona a lei que criou o Sistema de Seguridade Funcional do Paraná, em 1999. O segundo recurso questiona lei, considerada inconstitucional pelo STF, que definiu que processos contra autoridades com foro privilegiado continuam sob análise do tribunal mesmo após o réu não estar mais na vida política.

Não é a primeira vez que Mendes e Barbosa discutem. Em agosto de 2007, embora em tom mais ameno que o de ontem, os dois bateram boca por uma lei que beneficiava servidores de Minas Gerais. Na época, Mendes preferiu reduzir a importância do ocorrido.

– Quem acompanha as sessões do STF sabe que há debates mais exacerbados, falas mais enfáticas.

Ao dizer que Mendes estava “destruindo a credibilidade do Judiciário’’
, Barbosa se referia a polêmicas recentes protagonizadas pelo presidente. Chamado por detratores de “líder da oposição’’, o ministro entrou em choque com o Executivo ao levantar a acusação de que o Planalto havia criado mecanismos de Estado policial por meio de supostos abusos cometidos pela Polícia Federal.

fonte http://123sucesso.blogspot.com/



CRESCENET nota 10-Parcerias VENHA ganhar $$$ - FRASES INTERESSANTES -SAFARI SHOP
Imagem Folheados - Programa de Afiliados-Sucesso Shop 123-Sucesso Blog - NOVIDADES


 


 

 


 



CRESCENET nota 10-Parcerias VENHA ganhar $$$ - FRASES INTERESSANTES -SAFARI SHOP
Imagem Folheados - Programa de Afiliados-Sucesso Shop 123-Sucesso Blog - NOVIDADES


 


 

 


 



Ministro Joaquim Barbosa é elogiado no Rio após briga

O ministro Joaquim Barbosa passou na última sexta-feira por um teste da popularidade após ter protagonizado, no STF (Supremo Tribunal Federal), um bate-boca com o presidente da Corte, ministro Gilmar Mendes, na quarta-feira.

Ao almoçar no Rio de Janeiro com três amigos e, depois, caminhar pelas ruas da cidade no início da tarde, Barbosa foi reconhecido e muito cumprimentado por cidadãos anônimos. Procurado pela reportagem por telefone, o ministro desconversou sobre a reação do público: "Não tem nada disso não, deixa para lá."

Quem estava no centenário Bar Luiz, na Rua da Carioca, viu Barbosa ser cumprimentado por diversas pessoas que almoçavam no restaurante. Em pelo menos duas mesas que estavam no caminho por onde ele passou para sair do local, o ministro foi obrigado a parar para ouvir cumprimentos como "Parabéns, ministro".

Os elogios se repetiram no trajeto que ele fez do restaurante à Avenida Rio Branco - cerca de dois quarteirões - onde entrou no carro oficial. Ele chegou a ser parado por populares e foi até fotografado com celulares. À tarde, esteve com colegas da Procuradoria da República. Um deles garantiu que ele "está bem, feliz e sem nenhum arrependimento".

fonte http://123sucesso.blogspot.com/



CRESCENET nota 10-Parcerias VENHA ganhar $$$ - FRASES INTERESSANTES -SAFARI SHOP
Imagem Folheados - Programa de Afiliados-Sucesso Shop 123-Sucesso Blog - NOVIDADES


 


 

 


 



CRESCENET nota 10-Parcerias VENHA ganhar $$$ - FRASES INTERESSANTES -SAFARI SHOP
Imagem Folheados - Programa de Afiliados-Sucesso Shop 123-Sucesso Blog - NOVIDADES


 


 

 


 


Receita para matar um sem-terra

02:40 @ 28/04/2009


 Receita para matar um sem-terra

Poema: Descaso público, a ganância dos grileiros; assassinos impunes

Tome um agricultor
Desplantado de sua terra,
Desfolhe-o de seus direitos,
Misture-o à poeira da estrada
E deixe-o secar ao sol.
Deposite-o, em seguida,
No fundo do descaso público.
Adicione a injúria da baderna.
Derrame o pote de horror ao pobre
Até obter a consistência do terror.
Acrescente uma dose de mau presságio
E salpique, com a mão do ágio,
Denunciosas fatias de pedágio.
Deixe repousar no silêncio
A ganância grileira,
As áreas devolutas,
A saga assassina
De quem semeia guerras
Para amealhar terras.
Ferva a mentira
No caldeirão oficial
Até adquirir densidade
Em rede nacional.
Sirva à repressão
Impunemente
Na bandeja do latifúndio.

Autor:
Frei Betto
(Sacerdote dominicano, jornalista e escritor, autor de 45 livros.
Destacada atuação nas Comunidades Eclesiais de base.)
publicado em
http://www.freewebs.com/socialismo/semterra.htm

...............


Abs
Sucesso
Serginho
Ocupando o latifúndio improdutivo da internet !
"Posso não ver a colheita,
mas não abro mão de ser semente".

fonte http://123sucesso.blogspot.com/



CRESCENET nota 10-Parcerias VENHA ganhar $$$ - FRASES INTERESSANTES -SAFARI SHOP
Imagem Folheados - Programa de Afiliados-Sucesso Shop 123-Sucesso Blog - NOVIDADES


 


 

 


 



CRESCENET nota 10-Parcerias VENHA ganhar $$$ - FRASES INTERESSANTES -SAFARI SHOP
Imagem Folheados - Programa de Afiliados-Sucesso Shop 123-Sucesso Blog - NOVIDADES