Grupos


 

Reciclagem- fechar saquinhos

Idea para reciclar tampas de pet


Corte logo abaixo do gargalo usando tesoura ou outro cortador

Passe o saco plástico por dentro do gargalo cortado.

Depois basta fechar com a tampa. E pode usar nas embalagens de mantimentos, pães etc.
 
RECEITAS DE PRODUTOS DE LIMPEZA ECOLÓGICOS
http://www.freewebs.com/receitasecologicas/index.htm
 

Curso de Violão Popular

O que é publicidade?

 

Publicidade é fazer com que algo seja conhecido pelo público, espalhar informação ao mercado local ou nacional. É uma informação com valor de notícia, usada para atrair a atenção do público. Todo o mundo utiliza a publicidade. Políticos, industriais, celebridades e até mesmo os fabricantes de carro de Detroit utilizam a publicidade para aumentar suas causas e ganhar atenção.

 

E a publicidade não está limitada a grandes organizações. Pequenas comitivas e empreendimentos utilizam os jornais locais para publicar a respeito de eventos e esforços. A publicidade difere da propaganda no momento em que é grátis. Mesmo que alguns grupos ou indivíduos façam tickets com suas marcas para menções grátis nas publicações, geralmente a publicidade é a cópia de uma notícia valiosa que a publicação produz.

 

A publicidade é uma forma de promoção, mesmo que a promoção de um produto ou serviço possa requerer outros esforços que custe dinheiro à empresa. Uma boa publicidade é uma das melhores maneiras de fazer com que as pessoas saibam que você tem um negócio que vale a pena.

FONTE http://publicidadegratis.webs.com/oqueepublicidade.htm

Home

saiba mais, acesse:

  • Conheca o seu produto
  • Examine o mercado
  • Onde publicar
  • Torne a sua noticia
  • Como escrever o release
  • Fazendo contato
  • Venha conosco, acesse:

    http://publicidadegratis.webs.com/oqueepublicidade.htm

    Afiliados Cursos 24 Horas - Ganhe Dinheiro com seu Site
    Sistema de Afiliados - Cursos 24 Horas

    Ganhe até 50% em comissões - AfiliadosPrime 

    GRATUITAMENTE

    Abra você também sua Agência Virtual de Telemensagem

    e conquiste sua independência financeira. acesse:

    http://www.clubesdv.com/site/associe.asp?franq=PGR8257130

     http://www.clubesdv.com/abelhaazul

    Babylon programa afiliados

    22:18 @ 10/09/2010

    Babylon programa afiliados

    Se tem um site online pode inscrever-se no programa de afiliados Babylon. Este programa tem vários modelos de pagamento, que vão desde o CPD (Cost Per Download) onde ganhamos dinheiro por cada download do software (que é gratuito) até ao modelo Revenue Share de 40% na compra do software. Se tiver um site com milhares de visitas, vai ganhar bastante dinheiro.

    Custo: A inscrição é gratuita
    CLIQUE
    http://affiliate.babylon.com/?a=514&p=6714



    Requisitos: Qualquer tipo de site. Se tiver sites noutras línguas, pode promover também o programa. Obrigatório em qualquer site.





    Babylon 8 - NOVO !

    Tradução em um só clique

    de qualquer idioma para qualquer idioma

    Download grátis!http://portugues.babylon.com/welcome/index.html?affID=15404

    “Babylon é, de longe, o dicionário e a ferramenta de tradução mais útil e intuitivo para
    utilizar num computador” About.com

    Babylon 8

    Novas características interessantes da Babylon:

     

    O mensalão da Editora Abril


    O mensalão da Editora Abril

    Altamiro Borges – . Numa minuciosa pesquisa aos editais publicados no Diário Oficial, o blog descobriu o que parece ser um autêntico “mensalão” pago pelo tucanato ao Grupo Abril e a outras editoras. Veja algumas das mamatas:
    - DO [Diário Oficial] de 23 de outubro de 2007. Fundação Victor Civita. Assinatura da revista Nova Escola, destinada às escolas da rede estadual. Prazo: 300 dias. Valor: R$ 408.600,00. Data da assinatura: 27/09/2007. No seu despacho, a diretora de projetos especial da secretaria declara ‘inexigível licitação, pois se trata de renovação de 18.160 assinaturas da revista Nova Escola’.
    - DO de 29 de março de 2008. Editora Abril. Aquisição de 6.000 assinaturas da revista Recreio. Prazo: 365 dias. Valor: R$ 2.142.000,00. Data da assinatura: 14/03/2008.
    - DO de 23 de abril de 2008. Editora Abril. Aquisição de 415.000 exemplares do Guia do Estudante. Prazo: 30 dias. Valor: R$ 2.437.918,00. Data da assinatura: 15/04/2008.
    - DO de 12 de agosto de 2008. Editora Abril. Aquisição de 5.155 assinaturas da revista Recreio. Prazo: 365 dias. Valor: R$ 1.840.335,00. Data da assinatura: 23/07/2008.
    - DO de 22 de outubro de 2008. Editora Abril. Impressão, manuseio e acabamento de 2 edições do Guia do Estudante. Prazo: 45 dias. Valor: R$ 4.363.425,00. Data da assinatura: 08/09/2008.
    - DO de 25 de outubro de 2008. Fundação Victor Civita. Aquisição de 220.000 assinaturas da revista Nova Escola. Prazo: 300 dias. Valor: R$ 3.740.000,00. Data da assinatura: 01/10/2008.
    - DO de 11 de fevereiro de 2009. Editora Abril. Aquisição de 430.000 exemplares do Guia do Estudante. Prazo: 45 dias. Valor: R$ 2.498.838,00. Data da assinatura: 05/02/2009.
    - DO de 17 de abril de 2009. Editora Abril. Aquisição de 25.702 assinaturas da revista Recreio. Prazo: 608 dias. Valor: R$ 12.963.060,72. Data da assinatura: 09/04/2009.
    - DO de 20 de maio de 2009. Editora Abril. Aquisição de 5.449 assinaturas da revista Veja. Prazo: 364 dias. Valor: R$ 1.167.175,80. Data da assinatura: 18/05/2009.
    - DO de 16 de junho de 2009. Editora Abril. Aquisição de 540.000 exemplares do Guia do Estudante e de 25.000 exemplares da publicação Atualidades – Revista do Professor. Prazo: 45 dias. Valor: R$ 3.143.120,00. Data da assinatura: 10/06/2009.
    Negócios de R$ 34,7 milhões
    Somente com as aquisições de quatro publicações “pedagógicas” e mais as assinaturas da Veja, o governo tucano de José Serra transferiu, dos cofres públicos para as contas do Grupo Civita, R$ 34.704.472,52 (34 milhões, 704 mil, 472 reais e 52 centavos). A maracutaia é tão descarada que o Ministério Público Estadual já acolheu representação do deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) e abriu o inquérito civil número 249 para apurar irregularidades no contrato firmado entre o governo paulista e a Editora Abril na compra de 220 mil assinaturas da revista Nova Escola.
    Esta “comprinha” representa quase 25% da tiragem total da revista Nova Escola e injetou R$ 3,7 milhões aos cofres do ‘barão da mídia’ Victor Civita. Mas este não é o único caso de privilégio ao Grupo Abril. O tucano Serra também apresentou proposta curricular que obriga a inclusão no ensino médio de aulas baseadas nas edições encalhadas do ‘Guia do Estudante’, outra publicação do grupo.
    fonte
    http://blogdadilma.blog.br/2010/09/o-mensalao-da-editora-abril.html