voltar para página principal

grupos.com.br

a vida acontece em grupos


MIRACEMENSES E AMIGOS DE MIRACEMA

informação do grupo
.: acesso
*usuário:
*senha:

sempre identificado
Esqueci minha senha
.: grupo

MIRACEMENSES E AMIGOS DE MIRACEMA

93 assinaturas
0 mensagens (mês)
Assinar RSS


Moderado/Restrito:
Para participar deste grupo, usuários necessitam da aprovação de seus administradores

Visível:
Este grupo é visível no diretório de grupos

Comentários

  * Obrigatório
Identidade: Anônimo
Apelido  
* Seu comentário:
Não preencha:
 

Comentários

Por Anônimo às 15:55 @ 04/08/2006

BANDA SETE – HISTÓRIA Por: Marcelino Tostes (Publicado no Grupo em 25-05-2006). CRONOLOGIA 15/11/1896 – Fundada a Sociedade Musical XV de Novembro, por Francisco Cardoso e o Professor Antonio Firmino de Carvalho, com a adesão do Cel. José Carlos Moreira, Paulino Padilha e João Antonio Hassel, oriundos a Sociedade Musical Miracemense. 1898 – É organizado o quadro de músicos e de sócios, sob a presidência de Ricardo Barroso secretariado por Francisco da Silveira Leal, tendo como maestro João Paes. 1911 – É aprovado um novo estatuto que segundo o artigo 53 só poderia sofrer modificações a partir de 1930. 1913 – Morre João da Silva Paes, regente e redator dos estatutos da Sociedade. 05/01/1914 – A Sociedade Musical XV de Novembro sai às ruas executando um dobrado intitulado “João Paes” pertencente ao arquivo da Sete, rompendo um acordo de cavalheiros feito entre seus presidentes. 11/01/1914 – Renunciam Salvador Ciuffo, José da Silva Padilha e Antero Perlingeiro, presidente, tesoureiro e membro do Conselho Fiscal respectivamente. 1914 – Nilo Peçanha visita Miracema em campanha presidencial e é recebido na Estação da Leopoldina pelas duas corporações. 1914 – Em reunião convocada por Cândido Dias Tostes é proposta a redução dos vencimentos do maestro Francisco Duchesne em 50 mil réis até que melhorasse a situação financeira da Sociedade. 1915 - Francisco Duchesne solicita sua exoneração de regente da banda, aceita por toda a diretoria. 1915 – Por sugestão de José Alvim Tostes a diretoria anterior e a empossada ratearam uma dívida de duzentos e noventa e cinco mil e oitocentos réis. 1916 – Com a crescente inadimplência, foi assinado compromisso entre diretores e sócios para o pagamento dos vencimentos regente. 1917 – Firmado compromisso entre os diretores, cada um contribuindo com 5000 réis mensais para remuneração do maestro. 11/05/1918 - Lavrada a escritura de permuta da sede social pelo Cinema São Salvador, na Rua Francisco Procópio 5, pertencente a Salvador Ciuffo. 26/05/1918 – É realizada a primeira sessão com o nome de “Cine Theatro Sete de Setembro”. 22/08/1918 – Realizada a primeira reunião na sede da Rua Francisco Procópio. 15/12/1918 – É contratado a Salvador Ciuffo, pela importância de cinco mil réis mensais o abastecimento de água. 1921 – A diretoria delibera que a arrecadação das sessões das segundas-feiras será rateada entre os músicos que tocarem durante as exibições cinematográficas. 07/09/1924 – Eleita a primeira Diretoria Auxiliar, composta por senhoras; arrendamento do cinema; novo fardamento para a corporação musical. 1926 – Firmado contrato com a Universal Pictures. Outubro/1929 – Estréia no palco da Sete a “Companhia Theatral Artista Reunidos” com Dulcina de Moraes e Conchita Bernard. 1929 - Iniciada a construção da atual sede, sob a presidência de Diógenes Garcia Bastos, concluída na presidência de Christiano Alves Rodrigues, projeto do construtor português José Antonio de Almeida. 1930 - Inaugurado o cinema falado. 1931 - Inaugurada a “Biblioteca Popular Independência” (doada ao município em 1941). 1944 – Estréia a “Cia. Delorges de Teatro”, dirigida pelo astro da comédia brasileira Delorges Caminha. 1953 - Criado o “Conjunto Musical Miracema”, da Sociedade Sete de Setembro, dirigido pelos irmãos Garcia. 1956 - Eleita Maria Aparecida Franco para representar a Sociedade, no disputado concurso de rainha do Tiro de Guerra 217. 02/01/1995 – Através do Decreto nº 349, de 2 de janeiro, a Sete teve a sua fachada tombada como patrimônio histórico da cidade. 30/10/1997 – Criada pela Lei 660 a Escola de Música Sete de Setembro, em parceria com a Prefeitura. ***************

Por Patricia G. às 11:54 @ 15/03/2007

A primeira banda de música organizada por volta de 1870 , pelo mestre Lucindo,foi o embrião da sociedade Musical Miracemense ,fundada em 1896,tendo como regente o músico Fernando Gomes .A instituição tornou-se referência para a sociedade local servindo sua sede para a promoção de festas poulares ,bailes, reunões culturais ,passando mais recentimente a denominação de Sociedade Musical XV de Novembro

Por ttttttttttttttttttttttt!!!!!!!! às 09:27 @ 27/05/2009

gosto demais da banda 7

Por claison roberto eneterio curvelo às 23:24 @ 27/04/2014

eu sou de miracema , tambem fiz parte desta banda, onde aprendi musica, entrei no ano de 1978, com 9 anos de idade e sai com 13 anos, toco tronpete, tenho muitas saudades dessa banda de musica, muito obrigado.

Carregando Carregando...