Grupos

25 ANOS DEPOIS DE RAUL

11:46 @ 02/08/2014

 

 

HÁ 25 ANOS ATRÁS, em 21 de Agosto de 1989, anunciada a morte de Raul Rock Seixas, a partir do velório no Anhembi – por onde passaram mais de 100.000 pessoas – uma multidão, de mais de 20.000 pessoas, que passara a noite velando o corpo, EXIGIU (e conseguiu) um caminhão do Corpo de Bombeiros para conduzir o caixão – coberto pela bandeira do Brasil – acompanhado por uma PASSEATA, em homenagem ao “Maluco Beleza” – a partir das 7:00 hs da manhã -, que engrossou durante o trajeto (Avs. Cruzeiro do Sul, Tiradentes Preste  Maia, Anhangabaú e 23 de Maio) até o aeroporto de Congonhas, de onde partiria para ser enterrado em Salvador, na Bahia. Desde então, a cada ano, os Raulseixistas temos realizado a TRADICIONAL PASSEATA-HOMENAGEM a RAUL, mostrando que “os homens passam, mas as músicas ficam!”, que a SOCIEDADE ALTERNATIVA está viva em cada um de nós.  

                                        

25 ANOS DEPOIS, RAUL SEIXAS MAIS VIVO DO QUE NUNCA, CONTINUA NA LUTA CONTRA O MOSTRO SIST !!!

 

2014 PASSEATA

da sociedade alternativa nos

25 ANOS SEM RAUL

https://www.youtube.com/results?search_query=2014+passeata+25+anos+sem+raul+em+SP

 

O paradoxo de tudo é que, na verdade, nós, raulseixistas promovemos  a 27ª Passeata da SOCIEDADE ALTERNATIVA, como homenagem e continuidade da luta do famoso Maluco Beleza (uma a cada ano após a sua morte[25]; uma na saída do velório no Anhembi, acompanhando o caixão até o aerorporto - conduzido por um carro dos bombeiros [exigência dos fãs]; e a precursora de todas, a de 1988, organizada pelo RAULMANIA-Fã-Club na Galeria do Rock, que seguiu o mesmo percurso das passeatas anuais – Praça Ramos, Viaduto do Chá, Libero Badaró, Largo do São Francisco, Benjamin Constant e Praça da Sé [percorrendo trajeto semelhante ao seguido por Raul, em 1973, para o lançamento de ‘Ouro de Tolo’]).

 

Muitos se perguntam o por que de tanta homenagem, 25 anos já, depois de sua morte?!? Mas não percebem que a sua lembrança está viva na luta POR UMA SOCIEDADE ALTERNATIVA A ESSA ORDEM CAPITALISTA – autoritária, centralista, burocrática, castradora, mistificadora, escravagista, segregacionista e suicida. Uma sociedade de seguidores de si mesmos, conscientes e criativos, numa metamorfose ambulante, fazendo sua própria lei numa terra sem rei. A cidade de cabeça prá baixo, num mundo que sabe a hora de parar. Os Indivíduos exercitando, pela sua própria ação direta e solidária, a construção diária de uma sociedade igualitária e libertária, autogerida, sem representantes nem representados, numa nova comunhão, o Novo Aehon, Nutopia,  a sociedade livre.

 

E saiba que se você não está na SOCIEDADE ALTERNATIVA a SOCIEDADE ALTERNATIVA sempre esteve dentro de você.

Assumamos todos a responsabilidade por nossas vidas, contra a atitude infantil da delegação haja consciente e diretamente sobre sua vida. Ninguém te representa! VOTE NULO, NÃO SUSTENTE PARASITAS! Faça você a sua história! Nunca se vence uma guerra lutando sozinho, SE ORGANIZE E LUTE! Filie-se a COB/AIT!

27ª PASSEATA-HOMENAGEM A RAUL ROCKER SEIXAS – 25 ANOS SEM RAUL:

https://www.youtube.com/watch?v=H5SqqcdiY-Y

https://www.youtube.com/watch?v=8FV_E80lFmk

https://www.youtube.com/watch?v=5NrErLyLs3E

https://www.youtube.com/watch?v=-bmuYn9SwiQ

https://www.youtube.com/watch?v=iVAFIz0adHA

https://www.youtube.com/watch?v=3bpojuk08JI

Ø  o KIKO e a tyurma do Capão:

https://www.youtube.com/watch?v=5NrErLyLs3E 

https://www.youtube.com/watch?v=DppvdrlxNOo

 

PÂNICO NA PASSEATA:

https://www.youtube.com/watch?v=lYYNqaBdho0

 

Renato Seixas é convidado a subir ao palco na Pça. da Sé:

https://www.youtube.com/watch?v=2Y_cJ-yT1YU

PASSEATA DE PROTESTO EM 2013 NA PAULISTA

RAUL RESSUSCITOU

https://www.youtube.com/watch?v=tYxxq_OXGSU

RAUL ANARKISTA:

https://www.youtube.com/watch?v=0c2r5qSdY6s

 e continua:

https://www.youtube.com/watch?v=g1nDhWRHF-k

https://www.youtube.com/watch?v=uIAno12QAB0

https://www.youtube.com/watch?v=tsJObBpN8-Y

http://www.vagalume.com.br/anarquistas/relacionados/

Raul ano 79:

POR QUEM OS SINOS DOBRAM

 

 

Raul Santos Seixas nasceu em 28 de junho de 1945, em Salvador da Bahia (v. biografia). Como hoje completaria 69 anos, uma forma de recordá-lo é com a mensagem de  "Por quem os sinos dobram" (vídeo abaixo). A música pertence ao álbum do mesmo nome, de 1979 (v. análise do disco com link para o áudio completo).

Em 2013 foi divulgado que originalmente a canção se chamava "A loucura de Eva" e tinha um sentido feminista e antidarwinista. A segunda versão é a que conhecíamos até então (v. 
reportagem do Correio Braziliense).

O título da música de Raul é tomado de um filme de 1943, que por sua vez se baseia num livro de Ernest Hemingway (1940), o qual também provém de um poema de 1764, do inglês John Donne. Um interessante artigo de Élder Dias relaciona os três autores (v.
Revista Bula).

A expressão original ("não procures saber por quem os sinos dobram, eles dobram por ti") alude à morte e ao sentido da vida. Os sinos que tocam na igreja por um funeral são os sinais cotidianos que anunciam nosso próprio fim. Percebemos os erros dos outros e os avisos de seu réquiem, mas não nos damos conta de que esses sinos tocam por nós mesmos, advertindo-nos de nossas dores e falhas.

O sentido otimista e animador desta canção pode servir tanto a um idealista saudável (nossos sonhos precisam ser falados e compartilhados para ganhar repercussão) quanto a um paranoico isolado (quem desconfia de todos, perde aliados e se apoia nas paredes).

A todos estes, a letra encoraja: se você for coerente e amistoso, chegará longe, e, se estiver mentalmente transtornado, ainda poderá pôr os pés no chão e fazer de seu delírio uma coisa real. O sentido é tão amplo que pode servir a grupos humanos, movimentos, cidades e nações (por exemplo, uma cidade deprimida ou precisando curar suas feridas históricas).

Confira vídeos com a entusiasmada versão roqueira dos Detonautas, o cover mais fiel da banda formiguense (MG)
Capim Santo, e o violão caseiro da sexy paranaense Any Bacchi. Mais informações sobre o Maluco Beleza nos posts deste blogue 1ª Passeata do Raul (2013) e Raul anima Pelotas (2009)

POR QUEM OS SINOS DOBRAM
Nunca se vence uma guerra lutando sozinho:
'cê sabe que a gente precisa entrar em contato
com toda essa força contida que vive guardada.
O eco de suas palavras não repercute em nada.

É sempre mais fácil achar que a culpa é do outro:
evita o aperto de mão dum possível aliado,
convence as paredes do quarto e dorme tranquilo,
sabendo, no fundo do peito, que não era nada daquilo.

Coragem, coragem, se o que você quer é aquilo que pensa e faz.
Coragem, coragem, eu sei que você pode mais.

Autoria: Raul Seixas e Oscar Rasmussen

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

O Anarquista Raul Seixas "Carimbador Maluco"


  ̶̶   Quando Raul Seixas gravou Carimbador Maluco em 1983 e participou do especial infantil Plunct-Plact-Zummm na Tv Globo , muita gente caiu de pau em cima dele. Principalmente quando ele ganhou o seu segundo disco de ouro, com o sucesso da música. Afinal de contas, o grande anarquista, o inimigo do Monstro Sist tinha finalmente se vendido ao Sistema! Lá estava ele, dançando fantasiado entre as criançinhas na Rede Globo . Ora, realmente, ninguém poderia associar aquilo ao que ele faria, por exemplo, dois anos depois na gravação Mixto Quente ( com x mesmo ), dia 22 de dezembro de 1985, na praia do Pepino, no Rio.

No Mixto ele voltou a ser o Raul tradicional: entrou bêbado, esculhambou com todo mundo, cantou somente trechos inaproveitáveis de suas músicas mais censuradas (como Mamãe Eu não Queria) e impossibilitou sua participação no especial de Natal que a Globo havia preparado para aquele ano! ( Ninguém ficou sabendo porque Raul não apareceu, apesar da Globo ter anunciado o programa durante todo o mês de de apareceram bonitinhos. Mas ele , não... Nós estávamos no palco, durante a gravação: Paulo Coelho, Sylvio Passos , Edgar Oliveira e eu).

No entanto, em 1983 acompanhamentos calados a polêmica do Carimbador Maluco. Calados e emocionados. Simplesmente porque havíamos sacado a grande jogada dele! Um fantástico recado prá criançada! Um recado anarquista , do maior dos anarquistas, o chamado Pai de todos nós: Proudhon - o mesmo que disputava com Karl Marx nos debates da I Internacional. Transcrevemos o texto de Proudhon, de onde Raul retirou a ideia da música. Observem o Ritmo do texto. Observem a Força da revolta de um ser oprimido, violentado e explorado. Observem uma das fontes de onde vem o sucesso e o segundo disco de ouro do Carimbador Maluco.


Ser governado é:
Ser guardado à vista , inspecionado, espionado, dirigido, legislado, regulamentado, porqueado, endoutrinado, predicado, controlado, calculado, apreciado, censurado, comandado, por seres que não têm nem o título, nem a ciência , nem a virtude (...). Ser governado é ser , a cada operação, a cada transação, a cada movimento , notado, registrado, recenseado, tarifado, selado, medido, cotado, avaliado, patenteado, licenceado, autorizado, rotulado , admoestado, impedido, reformado, reenviado, corrigido. É, sob o pretexto da utilidade pública e em nome do interesse geral, ser submetido à contribuição, utilizado, resgatado, explorado. monopolizado, extorquido, pressionado , mistificado, roubado, e depois, à menor resistência, à primeira palavra de queixa, reprimido, multado , vilipendiado , vexado, acossado, maltratado, espancado , desarmado , garroteado, aprisionado, fuzilado, metralhado, julgado, condenado, deportado, sacrificado, vendido, traído e , no máximo grau, jogado, ridicularizado, ultrajado, desonrado. Eis o governo eis a justiça, eis a sua moral!
by Pierre Joseph Proudhon.

fonte:
http://www.jayvaquer.com/raul/oanarquista.html

 

Aquela Coisa - Raul Seixas

Meu sofrimento é fruto do que me ensinaram a ser
Sendo obrigado a fazer tudo mesmo sem querer
Quando o passado morreu e você não enterrou
O sofrimento do vazio e da dor
Ficam ciúmes, preconceitos de amor

E então, e então

É preciso você tentar
Mas é preciso você tentar
Talvez alguma coisa muito nova possa lhe acontecer

Minha cabeça só pensa aquilo que ela aprendeu
Por isso mesmo, eu não confio nela eu sou mais eu
Sim... pra ser feliz e olhar as coisas como elas são
Sem permitir da gente uma falsa conclusão
Seguir somente a voz do seu coração                                                                                                                                                      E então, e então

E aquela coisa que eu sempre tanto procurei
É o verdadeiro sentido da vida
Abandonar o que aprendi parar de sofrer
Viver é ser feliz e nada mais