Grupos

O MITO MARXIANO

10:31 @ 25/02/2014

 

O MITO MARXISTA

Vamos lá, fala sério!

Falam muito do jovem Marx... em 1846 Marx iniciou uma corresponde4ncia com Proudhon (preso Na França desde 1833)

http://elrefractario.blogspot.com.br/2008/03/correspondes-entre-carl-marx-y-joseph.html

A disputa tornou-se uma das origens da divisão entre as alas marxistas e anarquistas ...

http://pt.wikipedia.org/wiki/Pierre-Joseph_Proudhon

No processo da revolução alemã de 1848, já rompido com Proudhon, escreve o seu testamento político, o Manifesto do Partido Comunista - na discussão que manteve com Wetling, disputando a direção do movimento operário.

http://www.dw.de/revolu%C3%A7%C3%A3o-alem%C3%A3-de-1848-marcou-busca-pela-unifica%C3%A7%C3%A3o-em-um-reino/a-4321622

Wetling era um operário sindicalista avesso a luta politica e radicalmente contrário a acordos com a burguesia, na época tinha grande influência sobre o movimento operário de uma Alemanha que ainda não existia. defendia a autonomia e o controle operário sobre todo o processo.

http://grabois.org.br/portal/revista.int.php?id_sessao=21&id_publicacao=927&id_indice=3776

Marx, filho de banqueiro e, então, dono de um jornal , A NOVA GAZETA RENANA, já associado com Engels, filho de um rico burguês. Como se lê no seu 'Manifesto' Marx prioriza a luta política e propõe uma aliança com a burguesia, por entender que a maturidade operária estaria vinculada ao desenvolvimento do capitalismo - que trazia em si o germe da revolução socialista. Fala da revolução socialista, que deveria ser dirigida na luta política pela vanguarda científica do partido comunista, sendo ele o centro do poder! – chama a isso de DITADURA DO PROLETARIADO  , numa fase transitória em que separa o SOCIALISMO do COMUNISMO ANARQUISTA.  Como não foi o suficiente para convencer os operários ele deu um jeito de anular Wetling, preso em 1847 e deportado para a América em 1850.

http://brazil.indymedia.org/content/2007/05/381973.comments.shtml

Quando eclode a revolução, em Maio/48, as fronteiras são fechadas e o livro, mandado a imprimir na Suíça não consegue entrar na Alemanha. Ao perceber a iminente derrota, com a traição dos burgueses, que recuaram covardemente, Marx foge e se exila na Inglaterra – onde viverá, sustentado por uma mesada enviada de Engels (já então dono de indústrias na Alemanha).

http://manifestocomunistacomentado.blogspot.com.br/                     

Volta à atividade socialista, ao ser convidado pelos sindicalistas ingleses a participar no Congresso de Fundação da Associação Internacional dos Trabalhadores (AIT-IWA),  representando o movimento operário alemão – por sua participação na revolução de 48.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Associa%C3%A7%C3%A3o_Internacional_dos_Trabalhadores

                         

Por dispor de muito tempo livre, já que não que vivia da mesada de Engels e trabalhos de pesquisa na Biblioteca de Londres, foi indicado como Secretário Geral, no Secretariado Provisório da AIT-IWA, instalado em Londres. Não iria largar o osso e se manteve no cargo até o Congresso da AIT em 1872, em que levou a cabo uma grande campanha de difamação de Bakunin – culminando na manobra e acordo temporário com os blanquistas – que levou a expulsão de grande parte da ala anarquista da Associação. Nesse mesmo Congresso sai do Secretariado, que passa à Seção Norte-Americana (onde definharia, até se dissolver num obscuro Congresso em 1876. Após abandonar a AIT Marx se dedica a fundação de seu partido, que roubaria o nome da organização quer ele expulsara da AIT, a ALIANÇA DA DEMOCRACIA SOCIALISTA. Morre em 1883, sem ver a fundação do Partido Operário Social-Democrata Alemão.  

http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&frm=1&source=web&cd=6&ved=0CE0QFjAF&url=http%3A%2F%2Fwww.dw.de%2F1869-funda%25C3%25A7%25C3%25A3o-do-partido-social-democrata-dos-trabalhadores%2Fa-604941&ei=9NcEU8b1IMXjsASOxIL4Bg&usg=AFQjCNGqITJaf9q5pEPmfm2Fzyl1nMbsNQ

  Os anarquistas liderados pelos coletivistas autogestionários da Seção do Jura-AIT, rompem com o Secretariado e realizam um Congresso clandestino, sob a perseguição aos anarquistas após a derrota da Comuna de Paris de 1871. Nesse Congresso decidem manter a AIT, que passa a ser conhecida como a Internacional Anarquista.

http://cnt.ait.caen.free.fr/forum/viewtopic.php?f=26&t=3688

Em 1886 eclode a primeira grande GREVE GERAL pela redução da Jornada de Trabalho para 8 hs/dia, com uma tática e influencia anarquista (vide os Mártires de Chicago). Em 1905 eclode a revolução Russa de 1905, que cria os Soviets – com o apoio dos anarquistas russos, enquanto o Partido Social-Democrata Russo (sob controle leninista desde o Congresso de Londres/1903) viram o surgimento dos Sovietes como um perigoso adversário na disputa da direção do movimento operário (que todo marxista considera ser sua função!!!). Em 1910 eclode a Revolução Mexicana , com grande influência anarquista através dos irmãos Flores Magon, Zapata e Pancho Villa. Em 1914 todos os partidos marxistas social-democratas traem o projeto socialista ao assumir uma postura nacionalista e apoiando a guerra entre os povos...

http://www.galizacig.com/actualidade/200408/vermelho_ha_115_anos_internacional_socialista.htm

No Brasil o Partido Comunista, fundado em 1922. Só passa a ter importância politica ao apoiar o sindicato atrelado ao Estado já dominado pelo estalinismo, e graças ao Imposto Sindical assumiu o controle do movimento operário, aliado ao PTB. Hoje o PT mantem essa tradição, enquanto os demais partidos marxistas retalham o movimento sindical, na disputa de fatias do Imposto Sindical, com suas diversas centrais sindicais oficiais.

 

http://www.grupos.com.br/blog/ocoletivolibertario

Comentários