Grupos

 

Conhecer a obra do artista plástico Wander Mello agora está mais fácil e ao alcance de todos que têm acesso à internet. Prestigiado nacionalmente pela qualidade dos quadros em que retrata a natureza e o povo mato-grossense, Wander Mello acaba de lançar seu blog pessoal com comentários de amigos, dados pessoais e a reprodução digital de algumas de suas principais obras.

Para acessar o material basta digitar o endereço www.wandermeloartes.blogspot.com

Iniciativa resulta de uma parceria entre o Ibict, a RNP e o Ministério da Ciência e Tecnologia e deverá ficar dentro da Biblioteca Nacional.

 

Para ler matéria completa, clique aqui.

Faculdade de Ciências da Universidade do Porto inaugurou o "maior acervo científico português" na Internet com 70 mil páginas de obras históricas.

 

www.fc.up.pt/fa

 

Para ler matéria completa, clique aqui.

O escritor brasileiro Paulo Coelho doou livros e documentos de sua autoria em formato eletrônico à biblioteca virtual da Universidade de Turabo, em Caguas, cidade vizinha a San Juan, informou hoje o escritório de relações públicas do centro universitário porto-riquenho

 

Para ler matéria completa, clique aqui.

Pesquisa?

20:03 @ 12/02/2007

Mas, no fundo, o que é pesquisa?

Interessante artigo do professor Nicolas Anquetil da Universidade Católica de Brasília.
 

e-books de psicologia

20:04 @ 12/02/2007

 
A BVS-Psi acaba de criar um espaço dedicado à publicação de E-books da área de Psicologia.
 
 
Visite: http://www.bvs-psi.org.br/ veja nos Destaques clicando em E-books.

O banco de dados com informações de todas convenções e acordos coletivos firmados pelas entidades sindicais brasileira estará disponível a partir de hoje (12) no Portal do Trabalho, do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Citizendium, que deve ser lançada em breve, contará com editores especialistas
 
Projeto, que é comandado por co-fundador da Wikipedia, já possui mais de 350 colaboradores; falta de verba atrasa lançamento

 

Para ler matéria completa, clique aqui.

 O Portal da Língua Portuguesa foi lançado, pelo Instituto de Linguística Teórica e Computacional (ILTEC), com sede em Lisboa, com o objetivo de disponibilizar na internet um maior conteúdo sobre o idioma português.

 

Para ler matéria completa, clique aqui.

 

Após a cerimônia de encerramento do 1º Seminário de Gestão da Informação Jurídica em Espaços Digitais, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Ellen Gracie, fez o lançamento oficial da Biblioteca Digital do STF que inaugura seu acervo com uma parceria entre a Corte e a Fundação Casa de Rui Barbosa, que disponibilizou todo seu acervo para a biblioteca digital.

 

Para ler matéria completa, clique aqui.

Um milhão dos antigos manuscritos da Índia estão acessíveis em uma base de dados na internet inaugurada hoje pela ministra da Cultura, Ambika Soni, que lamentou que o indiano "moderno" tenha começado a olhar seu passado com "desdém ou indiferença".

 

Para ler matéria completa, clique aqui.

 

O IBGE lançou, em sua página na internet, o canal Países@ - http://www.ibge.gov.br/paisesat/ um mapa-múndi interativo com informações demográficas, econômicas e geográficas de todos os 192 países reconhecidos pela ONU.

 

Para ler matéria completa, clique aqui.

Pesquisa Mundi na UNILAVRAS

14:30 @ 15/02/2007

 

biblioteca do Centro Universitário de Lavras - UNILAVRAS está indicando o guia Pesquisa Mundi para seus alunos.

 

Faça como as Instituições abaixo e colabore na divulgação do Projeto:

 
- Associação Escolas Reunidas
- Centro Universitário Central Paulista - UNICEP
- Centro Universitário de Lavras - UNILAVRAS
- docINDEX
- Facudades Associadas de São Paulo - FASP
- Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - IBICT
- Instituto de Ensino Superior de Rondônia - IESUR
- Leia Livro
- Pontíficia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS
- Portal do Bibliotecário
- Sindicato dos Bibliotecários do Estado do Paraná
- Universidade Bandeirante - UNIBAN
- Universidade Federal Fluminense - UFF
- Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
- Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
- Universidade Luterana do Brasil - ULBRA
- Universidade Paulista - UNIP

Endereço tem como meta aumentar a consciência sobre esse direito entre o povo

 

Para inglês ver e ler

19:58 @ 22/02/2007

Publicar em língua nativa ainda é ver seu trabalho em periódicos de impacto inferior

 

Não há escapatória: a "lingua franca" da ciência hoje é o inglês. Quem quiser ser visto e lido tem de dominar pelo menos o inglês científico, um patoá escrito que não faz jus à língua materna de Shakespeare. É fato, não boato: prosa científica é um troço chato.

 

Para ler matéria completa, clique aqui.

Empresas e pesquisadores procuram sofisticar mais os mecanismos de busca para "adivinharem" desejo do usuário

Idéia já interessa a gigantes do setor como IBM e Google; empresa de aluguel de vídeo oferece US$ 1 milhão para quem melhorar seu sistema

 

Para ler matéria completa, clique aqui.

 

Portal criado pela Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo reúne a produção do conhecimento técnico-científico de seus institutos de pesquisa. Objetivo é fortalecer a gestão de informação em saúde

 

Mais informações: http://ses.sp.bvs.br

 

 

 

 

Administrar um município como São Paulo, o mais populoso de todo o hemisfério Sul, com mais de 11 milhões de habitantes, é tarefa difícil. Para tentar ajudar, técnicos da Secretaria Municipal de Planejamento (Sempla) criaram a ferramenta Infoloc@l, que permite amplo acesso ao banco de dados da prefeitura.

 

 

Mais informações: http://infolocal.prefeitura.sp.gov.br.

 
“O Project Gutenberg (PG), a mais antiga biblioteca digital do Mundo, está apostando no idioma Português. Depois de sermos a primeira Língua a traduzir o seu site oficial, temos agora metas ousadas: produzir 50 obras em Português em 2007 e, em 2017, ocuparmos a 3ª posição.
 
Só serão publicadas as obras que os voluntários produzirem, se estes as produzirem. Brasileiros e portugueses deverão encontrar edições anteriores a 1923 de autores falecidos há mais de 70 anos. Mais pormenores aqui.
 
Os milhares de livros-e disponibilizados no PG são produzidos por voluntários de todo o Globo, sós ou no sítio-parceiro de revisão colaborativa Distributed Proofreaders em www.pgdp.net . Neste, cada um pode rever uma página de cada vez, tantas quantas desejar. Todos podem ajudar.
 
Uma vez produzidas, as obras podem ser livremente descarregadas, distribuídas, partilhadas e lidas em qualquer computador sem quaisquer restrições. Pretendemos incrementar os autores brasileiros, africanos e portugueses, aumentando as taxas de produção de livros electrónicos e a literacia no Mundo de Expressão Portuguesa.
 
A mobilização de toda a Comunidade falante do Português é fundamental, pois dela depende a valorização da sua Cultura na mais internacional e pioneira biblioteca digital.”