Grupos

Turistas virtuais poderão navegar pelo interior das três principais igrejas de Ouro Preto (MG). A idéia é possibilitar uma exposição permanente na internet do acervo turístico e cultural da cidade, além de disponibilizá-la nos terminais multimídias que serão instalados nas igrejas de Nossa Senhora do Carmo, Nossa Senhora do Rosário e Nossa Senhora de Pilar.


 
O projeto é resultado de uma associação entre o Centro de Memória Digital da Universidade de Brasília (CMD) e o Museu de Arte Sacra de Ouro Preto, com apoio da Comissão Ano Cultural 2009, do Senado Federal. Imagens e informações sobre a riqueza artística, histórica e cultural da cidade poderão ser acessadas por tours virtuais. O lançamento oficial do Museu Virtual de Ouro Preto será realizado na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar a partir das 20h.

 

O professor da Faculdade de Comunicação da UnB Marcelo Feijó, responsável pela documentação fotográfica do projeto, explica a finalidade do museu. “Ele representa uma oportunidade de apresentar o patrimônio histórico com a utilização de tecnologias digitais. Esse é o grande propósito do Centro de Memória Digital, produzir conteúdos da história do Brasil com suporte tecnológico.”

 

HISTÓRIA FIEL 

 

O projeto é resultado de um trabalho de mais de dez anos de pesquisa nos arquivos paroquiais de Ouro Preto feito pelo professor do Departamento de História da UnB Marcos Magalhães. Feijó destaca o ineditismo da proposta. “Eu arrisco dizer que não tem nada similar no Brasil. Todas as informações foram recolhidas diretamente nas fontes. A preocupação com a correção dos dados históricos é o nosso primeiro e maior compromisso”, conta.

 

O professor do curso de Engenharia de Redes da UnB Rafael Timóteo explica como o museu foi elaborado. “As fotografias foram tiradas de forma detalhada e processadas digitalmente. Depois, um software foi produzido para a pessoa ter a ilusão de que está dentro das igrejas”, diz.

 

De acordo com Feijó, a ferramenta é resultado de esforços de professores e alunos de diferentes áreas. "Esse é um trabalho coletivo de áreas como engenharia, história, comunicação, arquivologia e design gráfico, que só seria possível dentro de uma universidade”, afirma.

O Museu Virtual estará disponível também em DVD

s, que serão comercializados pelo Museu de Arte Sacra de Ouro Preto. Recursos de navegação em 360°, imagens em 3D, animações digitais e registros fotográficos de alta definição integram a publicação eletrônica, disponível na internet pelo site www.museuvirtualdeouropreto.com.br 

 

 

Fonte: clicabrasilia

Comentários