Grupos

ESTUDOS DO HEMOBAC TRIFÁSICO

"Evaluation of a culture system for the detection of microbial contamination of red cell and platelet concentrates."

Assunto: Hemobac Trifásico para detecção de contaminação microbiana em hemocomponentes

Apresentação: Annual Meeting da American Association of Blood Banks, Seattle - WA, EUA, 2005.

Clique aqui e baixe o estudo

http://www.probacbrasil.com/docs.estudos-hemobactrifasico-0.ppt

PROBAC DO BRASIL MAIS PERTO DE VOCÊ!

"Estudo comparativo dos Sistemas BacT/Alert e Hemobac Trifásico para a realização de hemoculturas.'

categoria:
ESTUDOS DO HEMOBAC TRIFÁSICO
Assunto: Comparativo Hemobac Trifásico x BacT/Alert

Apresentação: 37° Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial, Rio de Janeiro - RJ, Brasil, 2003.

http://www.probacbrasil.com/docs/estudos-hemobac-trifasico-3.pdf

PROBAC DO BRASIL MASI PERTO DE VOCÊ!

"Impacto da utilização de Hemobac Trifásico em relação ao processamento manual tradicional de hemoculturas"

categoria:ESTUDOS DO HEMOBAC TRIFÁSICO

Assunto: Comparativo Hemobac Trifásico x TSB suplementado (hemocultura manual tradicional)

Apresentação:  37° Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial, Rio de Janeiro - RJ, Brasil, 2003.

http://www.probacbrasil.com/docs/estudo-hemobac-trifasico-4-Poster-Jaildo-HP.pdf

PROBAC DO BRASIL MASI PERTO DE VOCÊ!

"Validação de Método para execução de Hemoculturas: Experiência com o Sistema Hemobac Trifásico em Hospital de Médio Porte "

categoria: ESTUDOS DO HEMOBAC TRIFÁSICO

Assunto: Comparativo Hemobac Trifásico x BacT/Alert

Apresentação:  Apresentação: XXX Congresso Brasileiro de Análises Clínicas, Rio de Janeiro - RJ, Brasil, 2003.

http://www.probacbrasil.com/docs/estudos-hemobactrifasico-sepac.ppt

PROBAC DO BRASIL MASI PERTO DE VOCÊ!

"VALIDAÇÃO DO SISTEMA HEMOBAC TRIFÁSICO PARA REALIZAÇÃO DE HEMOCULTURAS EM PACIENTES DE TERAPIA INTENSIVA"


Kusano, EJU; Camargo, TZS; Correa, LMB; Otomo, HS; Ribeiro, JA
Lavoisier Medicina Diagnóstica - Hospital A. C. Camargo - São Paulo - SP
Probac do Brasil Produtos Bacteriológicos Ltda.

Objetivos:
Avaliar a aplicabilidade do Sistema Hemobac Trifásico® para realização de hemoculturas comparado ao sistema BacT/Alert® em uso no laboratório de microbiologia.

Casuística e Métodos:
Durante o estudo o sangue coletado de pacientes de terapia intensiva para a realização de hemocultura foi igualmente distribuído em um frasco BacT/Alert FAN (BA) e outro de Hemobac Trifásico® NA (HT), totalizando 43 pares de hemoculturas. As amostras BA eram colocadas em estufa própria que monitora a produção de CO2 e tinham o horário da positividade anotado, enquanto os frascos HT eram invertidos de modo a semear os meios acoplados assim que recebidos, colocados em estufa própria onde eram automaticamente invertidos duas vezes ao dia e lidos no período da manhã em busca de positividade do indicador de CO2 ou presença de colônias viáveis para processamento microbiológico.

Resultados e Conclusões:
A positividade foi 16,3%(n=7), concordância de 100% entre os sistemas: Escherichia coli(n=2), Enterobacter cloacae(n=2), Candida tropicalis(n=2) e Klebsiella pneumoniae(n=1).
O tempo médio para positividade relacionado à produção de CO2 do BA foi: 4,25h E. coli, 12,15h E. cloacae, 16,4h C. tropicalis e 20,3h K. pneumoniae, ao mesmo tempo, no HT além do indicador de CO2 positivo, as colônias já estavam disponíveis no mesmo dia da positividade CO2 do BA nos casos de C. tropicalis, E. cloacae e K. pneumoniae. Já nas hemoculturas onde foi isolado E. coli, a indicação de positividade pelo BA ocorreu durante o período da noite e no outro dia pela manhã já podia ser observado o indicador positivo e colônias no HT.
Concluímos que os sistemas analisados apresentam desempenhos semelhantes. BA mostra indicar positividade de CO2 precoce e automaticamente para a posterior semeadura em meios sólidos, enquanto HT mostra disponibilizar precocemente colônias viáveis para a rotina microbiológica necessitando de leitura diária dos frascos em busca de positividade.

CONHEÇA OS PRODUTOS DA PROBAC
http://www.probacbrasil.com/produtos.html

 

PROBAC DO BRASIL MASI PERTO DE VOCÊ!

"EVALUATION OF A CULTURE SYSTEM FOR THE DETECTION OF MICROBIAL CONTAMINATION OF RED CELL AND PLATELET CONCENTRATES"


GABarna (genygui@terra.com.br
), Foundation Pro-Sangue Blood Center, São Paulo, Brasil; LMMimica, Department of Clinical Microbiology of Santa Casa Medical Center, São Paulo, Brasil; PEDorlhiac-Liacer, DACharmone, Foundation Pro-Sangue Blood Center, São Paulo, Brasil.

Background:
Bacterial transmission remains a significant problem in transfusion medicine and poses one of the greatest risks of morbidity and mortality for blood components transfusion recipients, particularly platelet concentrates. Despite the improved donor arm desinfection to prevent microbial contamination, this intervention is not 100% effective and, therefore, it is still necessary to screen blood donation. The Hemobac Trifásico® bacterial culture system has the potential to screen red cell and whole blood-derived platelet concentrates for the presence of bacteria with accessible cost.

Study Design and Methods:
Red cell (n=156) and whole blood-derived platelet (n=93) were evaluated. A sterile connecting device was used to attach a small transfer pack on day 2 and an American Type Culture Collection (ATCC) Staphylococcus epidermidis, Staphylococcus aureus, Pseudomonas aeruginosa, Serratia marcescens, Escherichia coli, Propionibacterium acnes isolates were inoculate into the samples (positive controls) with variable concentrations of 7,5 and 75 CFU per mL. Either negative controls of these samples were available. After 30 minutes, 5 mL of each sample (contaminated and negative controls) were transferred into the culture bottles of a semi-automated bacteria detection system Hemobac Trifásico®, Probac of Brasil. The culture bottles were maintained for observation of a bacterial growth in the samples until 360 hours.

Results:
All microorganisms, except Propionibacterium acnes and Pseudomonas aeruginosa (7,5CFU/mL), were detected in a mean time of 24 hours wit 7,5 CFU/mL or 20 hours (75 CFU/mL). P. aeruginosa was detected in a mean time of 48 hours with 7,5 CFU/mL. P. acnes was detected in a mean time of 72 hours with 75 CFU/mL or 78 hours (7,5 CFU/mL). The 10 fold increase in inoculums was associated with a variable mean 7,7 to 16,7 percent difference in detection time (hours). None growth in the negative controls was observed after 168 and 360 hours. The positive identification of the microorganisms was verified in all contaminated samples.

Conclusion:
The Hemobac Trifásico® bacterial culture system has the potential to screen red cell and whole blood-derived platelet concentrates for the presence of aerobic and anaerobic bacteria with low cost, satisfactory sensitivity and rapid confirmation of the positive samples. Such testing can be expected to save lives.


TRANFUSION - Abstract Supplement

2005 – Vol. 45 – Page 57A


CONHEÇA OS PRODUTOS DA PROBAC
http://www.probacbrasil.com/produtos.html

PROBAC DO BRASIL MASI PERTO DE VOCÊ!

"EVALUATION OF TWO DIFFERENT METHODS FOR DETECTION OF MICROBIAL CONTAMINATION IN PLATELET CONCENTRATES"

GABarna (genygui@terra.com.br), Foundation Pro-Sangue Blood Center, São Paulo, Brasil; LMMimica, Department of Clinical Microbiology of Santa Casa Medical Center, São Paulo, Brasil; PEDorlhiac-Liacer, DACharmone, Foundation Pro-Sangue Blood Center, São Paulo, Brasil."

Background:
Bacterial transmisssion remains a significant problem in transfusion medicine and poses one of the greatest risks of morbidity and mortality, particularly platelet concentrates transfusion recipients. It is still necessary to screen blood donations. The Hemobac Trifásico® bacterial culture system has the potential to screen whole blood-derived platelet concentrates for the presence of bacteria. The Radiometer Copenhagen® ABL 700 detects the presence of bacteria by measuring parameters such as: glucose, pH, pCO2, pO2 and lactate.

Study Design and Methods:
Whole blood-derived platelet (n=09) were evaluated. A sterile connecting device was used to attach a small transfer pack on day 2 after collection and an American Type Culture Collection (ATCC) S. epidermidis, S. aureus, S. marcescens, E. coli, B. cereus isolates were inoculate into the samples (positive controls) with variable concentrations of 5 and 35 CFU per 5 mL. Either negative controls of these samples were available. After 30 minutes, 5 mL of each sample (contaminated and negative controls) were transferred into the culture bottles of a semi-automated bacterial detection system Hemobac Trifásico®, Probac of Brasil. By Radiometer Copenhagen® ABL 700 measuring of concentration of glucose, pH, pCO2, pO2 and concentration of lactate was done on Day 2 and 3 after platelet collection.

Results:
All microorganisms inoculated, except Staphylococcus epidermidis, were detected in a mean time of 15,9 hours with 35 CFU/5mL or 17,9 hours (5 CFU/5mL). S. epidermidis was detected in a mean time of 25 hours with 35 CFU/5mL or in a mean time of 27 hours with 5 CFU/5mL. None growth in the negative controls was observed after 72 hours. After 48 hours, mean values observed were: pH (at 22°C) 6,96 + 0,57; pCO2 (mmHg) 45,1 + 17,8; pO2 (mmHg) 78,6 + 31,6; lactate (mmol/L) 12,9 + 6,5 and glucose (mg/dl) 291 + 81. It was observed that S. epidermidis produced low decrease in the parameters studied after 24 and 48 hours.

Conclusion:
The Hemobac Trifásico® has the potential to screen whole blood-derived platelet concentrates for the presence of bacteria with satisfactory sensitivity and rapid confirmation of the positive samples. The initial study indicates that the Radiometer Copenhagen® offers a practical and sensitive system for detecting bacteria in platelet concentrates.

TRANFUSION - Abstract Supplement
2005 – Vol. 45 – Page 57A

 

CONHEÇA OS PRODUTOS DA PROBAC
http://www.probacbrasil.com/produtos.html

PROBAC DO BRASIL MASI PERTO DE VOCÊ!

"IMPACTO DA UTILIZAÇÃO DE HEMOBAC TRIFÁSICO EM RELAÇÃO AO PROCESSAMENTO MANUAL TRADICIONAL DE HEMOCULTURAS"

Canuto, JS; Souza, VO; Silva, LD; Silva, AL; Razel, AP; Silva, MI; Camargo, TZS, Martino, MDV; Mimica, LMJ e Mimica, IM
Laboratório de Patologia Clínica do Hospital São Luiz Gonzaga - ISCMSP
Disciplina de Microbiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.


Assunto: Comparativo Hemobac Trifásico x Metodologia manual tradicional

Objetivos:
Determinar o impacto da utilização de um novo sistema – Hemobac Trifásico comparado ao sistema manual tradicional para realização de hemoculturas em relação aos isolamentos e tempo decorrido para tal fim.

Casuística e Métodos:
Durante o período de Maio à Junho de 2003 o sangue coletado dos pacientes internados no Hospital São Luiz Gonzaga em São Paulo-SP para realização de hemoculturas no laboratório de patologia clínica deste hospital teve seu volume igualmente distribuído em um frasco com caldo TSB suplementado (TSB) e outro de Hemobac Trifásico (Probac do Brasil) (HT) totalizando 130 pares de hemoculturas. Ao recebimento as amostras eram colocadas em estufa sendo o TSB semeado em agar chocolate após 24, 48 e 120 horas de incubação, enquanto que os HT eram invertidos de modo a semear os meios acoplados 2 horas após o recebimento. Os frascos HT e as placas semeadas a partir do TSB foram lidas duas vezes ao dia sendo que, durante este procedimento os frascos HT eram novamente invertidos.
A positividade foi de 7,7% (n=10) nos frascos HT e 6,9% (n=9) nos frascos TSB. Os microrganismos isolados foram: Candida spp. (n=4), Acinetobacter baumanii (n=3), Enterococcus spp. (n=2) e Klebsiella pneumoniae (n=1). A média de tempo decorrido para a disponibilidade de colônias viáveis através dos sistemas foi de 51,21h para HT e 124,5 h para TSB. Isoladamente, no caso das leveduras em especial temos ainda que a média para obtenção de colônias viáveis foi de 51,62 h HT e 142 h TSB (p<0,05).

Conclusões:
O Sistema avaliado HT diminui o tempo para positividade das hemoculturas em relação à metodologia manual tradicional de semeaduras seriadas, devendo ser citado ainda que o sistema conta com um indicador da produção de CO2 que proporciona um resultado parcial precoce, além da facilidade técnica relacionada a não necessidade da realização de subcultivos cegos e seriados.

TRANFUSION - Abstract Supplement
2005 – Vol. 45 – Page 57A

 

CONHEÇA OS PRODUTOS DA PROBAC
http://www.probacbrasil.com/produtos.html

PROBAC DO BRASIL MASI PERTO DE VOCÊ!

"ESTUDO COMPARATIVO DOS SITEMAS BACT/ALERT E HEMOBAC TRIFÁSICO PARA DETECÇÃO MICROBIANA EM HEMOCULTURA"

Álvaro Rodrigues Martins e Edgar Garcez Junior
Hospital e Maternidade Assunção
SEPAC - Medicina Laboratorial

Assunto: Comparativo Hemobac Trifásico x BacT/Alert
parativo Hemobac Trifásico x Metodologia manual tradicional

Objetivos:
Avaliar o desempenho de dois sistemas disponíveis para realização de hemoculturas em relação à detecção microbiana, tempo para positividade do indicador de CO2 e presença de colônias viáveis para identificação e realização do teste de susceptibilidade aos antimicrobianos(TSA).

Casuística e Métodos:
No período de fevereiro a junho de 2003 o sangue coletado dos pacientes internados no Hospital e Maternidade Assunção em São Bernardo do Campo-SP encaminhado para o Serviço de Patologia Clínica para realização de hemocultura foi igualmente distribuído em um frasco de BacT/Alert FAN (BA) (bioMérieux, França) e outro de Hemobac Trifásico (HT) (Probac do Brasil) totalizando 193 pares de hemoculturas. No recebimento as amostras BA eram colocadas em estufa que monitora a produção de CO2 e assim que positividade fosse indicada o material era semeado em meios adequados, enquanto os frascos HT eram invertidos de modo a semear os meios acoplados assim que recebidos e colocados em estufa onde eram automaticamente invertidos duas vezes ao dia.
Durante o expediente normal do laboratório (diurno) as placas semeadas a partir dos frascos positivos BA e os frascos HT foram observados em intervalos regulares e pré-estabelecidos em busca da detecção do aparecimento de colônias e positividade do indicador no caso do HT.
A positividade foi de 20,20%(n=39) nos frascos BA e 20,72%(n=40) nos frascos HT (ns). As médias para positividade do indicador de CO2 foram de 27,21h BA e 30,85h HT (ns), para disponibilidade de colônias viáveis foram de 40,26h BA e 31,78h HT (p<0,05) e o tempo total decorrido até a liberação da identificação e TSA foi de 56,51h BA e 48,60h HT (ns).
Foram isolados: S.aureus(n=20), E.cloacae(n=5), K.pneumoniae(n=4), P.fluorecens(n=3), C.albicans(n=3), S.marcecens(n=2), S.pneumoniae(n=1), E.coli(n=1) e K.oxytoca(n=1).

Conclusões:
Concluímos que os sistemas analisados apresentam desempenhos semelhantes, onde HT mostra disponibilizar precocemente colônias viáveis para a rotina microbiológica.

 

CONHEÇA OS PRODUTOS DA PROBAC
http://www.probacbrasil.com/produtos.html

PROBAC DO BRASIL MASI PERTO DE VOCÊ!