Grupos

ESTUDO DE CASO

Título: RPG® em Neurologia: Análise Eletromiográfica dos Resultados.

Autor: SALGADO, V.; OSHIRO, M.; HCFMUSP, São Paulo, Brasil.

Este estudo foi realizado em uma paciente neurológica, 19 anos, com diagnóstico médico de paralisia cerebral tipo quadriparesia distônica com componentes atetóides e espasmódicos, apresentando marcha em agachamento. O objetivo foi verificar eletromiograficamente a mudança da ativação muscular do Reto Femoral, Vasto Lateral e Medial, Adutores, Bíceps Femoral e Semitendinoso após uma sessão de RPG® Original.

A paciente foi avaliada em repouso, durante o teste neurológico, em ortotatismo e marcha antes e após a sessão em postura de Rã no Chão níveis 1, 2 e 3. Utilizou um Eletromiógrafo ADS 1200, com eletrodos de superfície conectados em pontos motores dos músculos supracitados segundo o protocolo Ceniam. O estudo foi realizado no Laboratório de Bioengenharia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Após o atendimento e nova medição, verificou-se melhora qualitativa e quantitativa da marcha, com aumento da velocidade, amplitude e harmonia dos passos. Houve melhora sinificativa do tônus com redução da atetose axial. os resultados foram registrados em fotos, filmagem e gráficos de eletromiografia.

Com base nos resultados alcançados é possível afirmar que com a RPG® Original os músculos são capazes de desenvolver contrações mais organizadas e eficazes, proporcionando assim melhor qualidade de movimento em teste, marcha ou atividades de vida diária. E neste caso em específico, a possibilidade de explorar o máximo sua capacidade de marcha e controle motor para uma vida com maior independência e sociabilidade.

Vimos também que a eletromiografia de superfície é um recurso interessante na mensuração dos resultados, oferecendo parâmetros quantitativos da evolução clínica, na confirmação do diagnóstico clínico e auxiliando no direcionamento da conduta, nunca porém em substituição ou supremacia á avaliação do paciente.

FONTE: Jornal RPG Notícias, V. 20, Ano 7, Out/Nov/Dez 2008.

Comentários

(19:15 @ 18/11/2008) Marisa disse:
Aos colegas RPGistas que desenvolveram esse estudo usando recursos quantitativos estão de parabéns, pois há muitos anos trabalhamos com o método e vemos na prática diária do consultório a sua eficácia e o respeito dos pacientes e dos médicos que o indicam. É importante constar na literatura o que vemos na prática todos os dias com tanto sucesso. O alinhamento corporal registrado foi muito significativo e os registros do eletromiógrafo do antes e depois incontestáveis, muito bom vocês estão realmente de PARABÉNS!!!!!!!!!! Abraço, Marisa

(19:20 @ 18/11/2008) Lais disse:
SALGADO e OSHIRO, Parabenizo vocês pelo excelente trabalho que enriquece a nossa formação e, consequentemente, a nossa categoria profissional. São trabalhos assim que nos motivam no atendimento dos pacientes e na busca do conhecimento. Parabéns, Laís

(11:33 @ 24/11/2008) eliane disse:
Parabenizo os colegas que tiveram esta iniciativa. O método RPG original é bastante eficaz e necessita de trabalhos publicados para ser aceito na comunidade científica. Creio que a iniciativa de fazer um trabalho com paciente neurológico foi bastante corajosa e felizmente as respostas foram surpreendentes.Parabéns pela iniciativa e resultados. Eliane Paiva Ribeiro