Grupos

A IBM anunciou nesta terça-feira (3) que está desenvolvendo um novo computador mais rápido do mundo --a empresa tem o atual detentor do título, o Roadrunner, capaz de executar 1 quadrilião de cálculos por segundo (1 petaflop).

AP
Roadrunner, da IBM, é o primeiro a alcançar a marca conhecida como petaflop
Roadrunner foi o primeiro a alcançar a marca de 1 petaflop; vai ficar "ultrapassado"

O novo computador, chamado Sequoia, terá velocidade de 20 petaflops --"peta" é o termo que designa quadrilião e "flop" se refere a operações de ponto flutuante por segundo. O equipamento será entregue em 2011 ao Departamento de Energia dos Estados Unidos. A máquina será usada no Laboratório Nacional de Lawrence Livermore.

O Sequoia, e um computador menor chamado Dawn, estão sendo construídos em Rochester, Minnesota, para uso em simulação de testes nucleares. A IBM afirma que eles podem também ser usados em tarefas complexas como previsão de clima e exploração. de petróleo.

A IBM afirmou que o Sequoia terá um consumo eficiente de energia para o trabalho em que será empregado. Deve ocupar uma área de 318 metros quadrados

Olá participantes do grupo.  Este ano estamos reativando o grupo de discussão  do curso de Sistema de informação para novas postagens. O objetivo geral está em facilitar e centralizar um meio de comunicação e informação entre os professores e alunos do curso.
A temática do grupo envolve a área de tecnologia, portanto qualquer informação, trabalho acadêmico, comunicado, notícia, artigo, reportagem ou qualquer outra curiosidade relacionada pode ser divulgada e postada por qualquer participante.
Portanto, contamos com a colaboração de todos.
 

Brasileiros fazem final de maratona de programação

 

     Estudantes de três universidades brasileiras foram classificados para participar da final mundial do Concurso Internacional de Programação Universitária da ACM (Association for Computing Machinery). O evento ocorrerá de 3 a 7 de abril na cidade chinesa de Shangai.

 

     Representantes da Unicamp, do Instituto Tecnológico de Aeronáutica ¿ ITA e da Universidade Federal do Rio de Janeiro enfrentarão com outros finalistas, o desafio de resolver problemas complexos de programação, em um tempo limite de cinco horas. A equipe que resolver a maior quantidade de problemas corretamente em menos tempo se tornará o campeão internacional, ganhará bolsas de estudos e prêmios.

 

     Mais de 200 universitários terão a oportunidade de participar da competição de programação de maior prestígio na área e, pela primeira vez, os finalistas poderão construir aplicações para o supercomputador Blue Gene da IBM, baseado na tecnologia POWER.

 

     Todos os anos, na final do mundial, a ACM introduz novas tecnologias e técnicas de programação de uma forma divertida e competitiva. O concurso deste ano, chamado "Desafio Paralelo", está destinado a apresentar aos programadores as tecnologias da computação paralela POWER. As equipes deverão criar uma aplicação paralela e executá-la em um sistema Blue Gene.

Conhecidos por sua alta velocidade, memória, capacidade de armazenamento e aptidão para processar números, os supercomputadores paralelos, baseados na tecnologia POWER, têm sido utilizados para resolver alguns dos problemas mais difíceis da física, engenharia, biologia, geologia e do meio ambiente.

Kilo, mega, giga... tera

21:26 @ 20/01/2007

A escalada tecnológica dos computadores cruza uma barreira espetacular com o lançamento do disco rígido de 1 terabyte

O QUE CABE NO NOVO HD

O disco rígido de 1 terabyte pode armazenar:

  • 330 000 fotografias ou       
  • 250 000 faixas musicais ou
  • 358 filmes ou                       
  • 1 000 horas de video ou      
  • 625 000 livros eletrônicos

Os discos rígidos de computador, os HDs, acabam de cruzar uma barreira tecnológica que vai causar enorme impacto na forma como se armazena informação. A companhia japonesa Hitachi anunciou o lançamento, para março, do Deskstar 7k1000, um HD com capacidade de 1 terabyte – o equivalente a 1.000 gigabytes. Hoje, os computadores usados na maioria das casas e escritórios têm HDs com capacidade entre 40 e 120 gigabytes, o que muitas vezes torna necessário administrar o espaço do disco, apagando arquivos ou fazendo backup em CDs ou DVDs. Com o Deskstar 7k1000, é possível armazenar arquivos praticamente sem se preocupar com o espaço. Ele pode abrigar 250.000 faixas musicais, treze vezes mais que o iPod mais poderoso. Ou ainda 625.000 livros eletrônicos, que em versões impressas em papel consumiriam 20.000 árvores. Com preço anunciado de 399 dólares, o novo HD é mais barato, em termos relativos, do que os discos rígidos hoje utilizados. Nele, cada gigabyte custa 40 centavos de dólar, contra 61 centavos nos HDs convencionais.

Para chegar à revolução do disco rígido de 1 terabyte, foram necessários cinqüenta anos. O primeiro HD digno desse nome foi o Ramac 350, lançado comercialmente pela IBM em 1956. Era um trambolho de 60 centímetros de diâmetro que precisava de uma máquina do tamanho de duas geladeiras para funcionar. O Deskstar 7k1000 é sete vezes menor e 200.000 vezes mais potente. O segredo de sua capacidade é que os dados são gravados na superfície do disco em sentido vertical. Nos HDs convencionais, a gravação é feita no sentido horizontal. Para entender melhor a diferença, imagine-se uma fila de pessoas. Se elas se deitarem no chão, em vez de ficarem em pé, ocuparão mais espaço no solo.

O PRECURSOR
O primeiro disco rígido, o Ramac 350, foi lançado em 1956 pela IBM. Tinha 60 centímetros de diâmetro – contra 9 centímetros dos discos atuais – e apenas 5 megabytes de espaço, o suficiente para armazenar uma música de cinco minutos

O HD de 1 terabyte chega num momento em que cada vez mais se vêem e armazenam vídeos no computador, o que demanda muito espaço do disco rígido. Um único filme em alta definição pode ocupar 8 gigabytes. Os discos rígidos com capacidade de armazenamento na casa dos terabytes têm lugar garantido no futuro que o bilionário Bill Gates enxerga para o uso da tecnologia da informação. O dono da Microsoft acredita que em poucos anos as casas serão todas "conectadas" – os eletrodomésticos e os computadores pessoais estarão interligados por uma rede doméstica. O novo disco rígido funcionaria como um grande arquivo central dessa rede, armazenando de receitas de bolo a fotos da última viagem de férias. Apesar do impacto que o Deskstar 7k1000 deve causar no mundo dos computadores, não deve durar muito seu reinado como o HD mais potente. Estima-se que, já em 2009, discos rígidos de 2 terabytes sejam equipamentos comuns nos PCs.

 

FONTE: Veja On-line

Bolsas de estudo

21:58 @ 25/12/2006

A Prefeitura Municipal de Alegrete, através do PROESC (Programa de Ensino Superior Comunitário) liberou 115 bolsas integrais de estudo para novos alunos da Urcamp.

 

O programa visa possibilitar a universalização na área municipal do acesso ao ensino superior de todos os cidadãos, especialmente os de baixa renda, de forma a projetar o ensino público e gratuito, desde o ensino básico até o superior.

 

É uma oportunidade única para quem não tem condições de pagar uma faculdade. Para concorrer a uma bolsa, o aluno precisa realizar o vestibular de verão da Urcamp.

 

As inscrições vão até 15/01/2007. Mais informações no site do PROESC.

Previsões...

00:03 @ 15/12/2006

Fazer previsões sobre o futuro da computação é extremamente complicado, e quem se arriscou nem sempre foi feliz. Algumas frases ficaram na história por terem sido atribuídas a personagens importantes da evolução tecnológica das últimas décadas e por revelarem idéias que ilustram bem a realidade da época em que foram ditas.  Veja algumas delas:

 

"Tudo o que pode ser inventado já foi inventado."

Charles H. Duell, Comissário de Patentes, EUA, 1899

 

"Acho que há lugar no mundo para, no máximo, cinco computadores."
Thomas Watson, fundador da IBM, 1943

 

"Não há nenhuma razão para que um indivíduo tenha um computador em casa."

Kenneth Olsen, Presidente e Fundador da Digital Equipment Corp., 1977
 

"640k deveriam ser suficientes para todos"
Bill Gates, fundador da Microsoft, 1981  (referindo-se à quantidade de memória RAM nos PCs)

 

"A Internet é apenas uma moda passageira.
Bill Gates, agosto de 1994


"Erramos. A partir de hoje a Microsoft é dedicada à Internet.
Bill Gates, agosto de 1995.

 

Lenda ou verdade, o certo é que estas frases foram ditas por pessoas que tiveram uma visão de futuro suficiente para corrigir-se a si próprios.

No dia 04 de dezembro de 2006 começaram a serem apresentados os trabalhos de conclusão e a defesa das monografias dos alunos concluintes do Curso de Informática – Sistemas de Informação.

Sob a coordenação do Prof. Gaspar Martin Máfia Nunes, os professores que compuseram a banca de avaliação assistiram à apresentação de três acadêmicos que, no tempo máximo de 25 minutos, defenderam as suas monografias.  Os trabalhos apresentados foram:

 

  • Anderson Luiz Tessis dos Santos: Autorizador Web de Exames e Procedimentos Médicos
  • Elder de Macedo Rodrigues: Desenvolvimento de um Cluster de Alto Desempenho Utilizando MPI
  • Guilherme de Oliveira Mott: Sistema de Compartilhamento de Arquivos em Ambiente Corporativo

 

Os três candidatos foram aprovados com aproveitamento acima de 8,0. Agora, é esperar o dia da festa de formatura para serem declarados oficialmente Bacharéis em Sistema de Informação.

Ocorreu no período de 20 a 24 de novembro a Semana Acadêmica do curso de Informática. Em sua 5ª edição, foi composta por vários eventos.

Na primeira noite, no Salão de Atos da Urcamp, foi realizada a abertura oficial da Semana Acadêmica pela Profª. Ms Ely Silveira Gonçalves Costa (Pró Reitora do Campus Universitário da Urcamp Alegrete). Foram ministradas duas apresentações de trabalhos, a primeira pelo Prof. Dr. Vinicius Jaques Garcia, tendo como título "Algoritmos de Otimização para Problemas de Distribuição de Energia Elétrica" e para a segunda apresentação da noite foi convidada a Profª. Mestre em Informática Vanessa Gindri Vieira. Seu trabalho teve como título "Teste de Software Orientado a Objetos". A presença do público foi marcante na primeira noite do evento. Compareceram estudantes do Colégio Raimundo Carvalho, acadêmicos da Unipampa e da Urcamp e estudantes do Curso Técnico em Informática da EAFA.

Na segunda noite foram apresentados os Softwares desenvolvidos pelos alunos do Curso de Sistema de Informação da Urcamp na Mostra de Software Acadêmico e a primeira oficina, sobre o software MatLab (MathWorks), apresentada pelo acadêmico Juner Vieira.

Mostra do Software Educativo Multimidia

Oficina de MatLab

Na noite do dia 22/11, foram realizadas apresentações de oficinas que chamaranm a atenção dos participantes da Semana Acadêmica. A primeira apresentação foi do Bacharel em Sistemas de Informação João Bueno Filho (Acesso Informática), que teve como tema “VOIP – Uma transformação nas telecomunicações”. A segunda oficina foi apresentada pelo Prof. Ms Alessandro Girardi, que abordou o tema “Física para Desenvolvedores de Jogos”.

Na quarta noite do evento foi realizada a 1ª Mini-Maratona de Programação da Urcamp Alegrete, evento este que teve a participação de acadêmicos do Curso de Ciências da Computação da Unipampa Alegrete e acadêmicos do Curso de Sistemas de Informação da Urcamp Alegrete. A competição teve como vencedor o acadêmico Wagner Reck (Unipampa), em segundo colocado o acadêmico Gabriel Pacheco (Urcamp), e em terceiro colocado o acadêmico Giovani Martini (Urcamp). Eles tinham como tarefa achar soluções para resolverem cinco problemas propostos pela banca organizadora da Mini-Maratona em um tempo de, no máximo, três horas. A premiação foi medalha para os 3 primeiros colocados e brindes das empresas patrocinadoras.

 

Muita concentração durante a Mini-Maratona de Programação

 

Participantes da Mini-Maratona de Programação e os 3 medalhistas

 

Na sexta-feira (24/11), ocorreu a festa de encerramento da V Semana Acadêmica do Curso de Informática, no Clube Sete de Setembro, onde os participantes do evento fizeram um churrasco de confraternização.

A programação da Semana Acadêmica da Informática da Urcamp Alegrete, versão 2006, já foi definida. Este ano, além das tradicionais palestras e oficinas, teremos também algumas novidades, como a Mostra de Software Acadêmico e a Mini-Maratona de Programação. O evento ocorrerá de 20 a 24 de novembro. Veja abaixo a programação completa:

 

2ª-feira - 20/11

19:30h - Palestras técnicas

Local: Salão de Atos da Urcamp

- Algoritmos de Otimização para Problemas de Distribuição de Energia Elétrica (Dr. Vinicius Jacques Garcia – Unipampa)

- Teste de Software Orientado a Objetos (MSc. Vanessa Gindri Vieira)

- Processamento Paralelo e Distribuído (Fábio Diniz Rossi, mestrando PUC-RS)

 

3ª-feira - 21/11

19:30h - Mostra de Software Acadêmico

Local: Laboratório de Computação – sala 202


 

21:20h - Oficina: Matlab - Princípios e Aplicações

Acad. Juner Vieira e Prof. Alessandro Girardi – Urcamp Alegrete

Local: Laboratório de Computação – sala 202


4ª-feira - 22/11

19:30h - Oficina: VOIP – Uma transformação nas telecomunicações

João Bueno Filho – Acesso Informática

Local: Laboratório de Computação – sala 202


21:20h - Oficina: Física para Desenvolvedores de Jogos

Prof. Alessandro Girardi e Prof. Rafael Araújo Rodrigues – Urcamp Alegrete

Local: Laboratório de Computação – sala 202

 

5ª-feira - 23/11

19:30h - Mini-Maratona de Programação

Local: Laboratório de Computação – sala 202

Obs.: Será realizada uma sessão de reconhecimento do sistema de correção automática da Mini-Maratona no dia 21/11, às 18:30h, exclusiva para os participantes.

 

6ª-feira - 24/11

20:00h - Churrasco de confraternização

Local: a definir

Obs.: por adesão.


 

Descrição dos eventos:

 

PALESTRAS TÉCNICAS: Apresentação teórica de temas relevantes por palestrantes convidados. Vagas: 150.          

 

OFICINAS: Apresentação de temas relevantes em laboratório, com demonstrações práticas e teóricas, voltada para a resolução de problemas. Vagas: 30 por oficina.

 

MOSTRA DE SOFTWARE ACADÊMICO: Apresentação de softwares desenvolvidos dentro da Universidade, tendo como objetivo a divulgação dos trabalhos e a troca de experiências entre os alunos. Cada trabalho realizará uma apresentação teórica de 10min, seguida de uma demonstração prática do programa desenvolvido. Vagas: 40.

 

MINI-MARATONA DE PROGRAMAÇÃO: Competição destinada a alunos de cursos de graduação na área de Computação e afins (Ciência da Computação, Engenharia de Computação, Sistemas de Informação, etc). A competição promove nos alunos a criatividade, a capacidade de trabalho em equipe, a busca de novas soluções de software e a habilidade de resolver problemas sob pressão. Cada time será composto por um aluno, o qual tentará resolver durante 3 horas o maior número possível dos problemas que são entregues no início da competição. À sua disposição o aluno terá apenas um computador e material impresso (livros, listagens, manuais) para vencer a batalha contra o relógio e os problemas propostos. A competição segue os moldes e as regras da Maratona de Programação da SBC (www.sbc.org.br/maratona), porém com equipes individuais. Serão concedidos prêmios e medalhas aos 3 primeiros colocados. Vagas: 15.

 

Inscrições: até 17/11 no Protocolo da Urcamp – Prédio Central.

Valor: 3 reais.

Vagas limitadas, por ordem de inscrição.
Obs.: As inscrições também poderão ser feitas nos dias do evento, porém o recebimento do material estará limitado à disponibilidade.

 

APOIO:

 

   

 

Fotos do Congrega Urcamp 2006

14:39 @ 14/11/2006

Um grupo de alunos e professores da Informática participou do Congrega Urcamp 2006, realizado em São Gabriel nos dia 09 e 10 de novembro. Foram apresentados trabalhos na forma de pôster na IV Mostra de Iniciação Científica. Veja abaixo as fotos da participação:

 

Software de Gerenciamento para o Jornal Correio do Povo
Autor: Sergio Antonio Martini Bortolin Jr
Orientador: Rafael Araújo Rodrigues

 

Inteligência Computacional Aplicada ao Jogo de Cartas
Autor: Juner Menezes Vieira

Co-Autor: Carla Albanio
Orientador: Alessandro Girardi

 

Simulador atual e futuro de fluxo de trânsito
Autor: Gessany Segabinazzi

Co-Autores: Rafael Quevedo, Sandro Correa, Glauber Gaiaralde Silveira, George Gonçalves
Orientador: Rafael Araújo Rodrigues

 

Software Educativo Multimídia
Autor: Rafael Vieira Suarez

Co-Autores: Giovani Benites Martini, Ernesto Schimidt Oleques, Gabriel Pacheco Gomes
Orientador: Rafael Araújo Rodrigues

 

Pessoal em frente à Urcamp São Gabriel

Com a estréia da TV digital no Brasil, prevista para 3 de dezembro de 2007, um novo mercado começa a se abrir para os desenvolvedores brasileiros de software. Conhecidos pela habilidade e criatividade na elaboração de jogos para celular e videogames, os profissionais tupiniquins poderão investir em um novo filão, o de aplicativos que rodarão nos aparelhos receptores de TV digital.

 

A interatividade é um dos recursos mais celebrados da TV digital. Na prática, as emissoras poderão enviar junto com a programação dados e aplicativos que rodarão no receptor. A gama de aplicações é a mais variada: desde jogos, notícias, guias de entretenimento até programas governamentais, incluindo informações ao cidadão, consultas a serviços públicos e votações.

 

As aplicações podem funcionar de duas formas: localmente ou em comunicação com a emissora. No primeiro caso, o usuário simplesmente recebe o aplicativo e executa na sua TV – sem enviar dados de volta. Nesta categoria podem ser incluídos, por exemplo, os guias de programação, notícias e estatísticas sobre jogos esportivos.

 

Já as aplicações de interatividade remota – que requerem um canal de comunicação com a emissora (o chamado canal de retorno) – levam as possibilidades a um horizonte ainda mais amplo, que inclui respostas a enquetes, consultas a bases de dados, compras pela TV, entre muitas outras possibilidades.

 

Antes de entrar nos pormenores técnicos, é preciso pensar que a criação de aplicações para TV digital deve respeitar alguns critérios comportamentais. Embora possa ter uma tela tão grande ou maior que a de um computador, a TV não possui teclado – o que significa que os comandos estão restritos aos botões de um controle remoto.


Fonte:  Computerworld

 

Logo Salão ICOcorreu no último dia 31 de outubro o Salão de Iniciação Científica 2006 da Urcamp Alegrete, com a apresentação de trabalhos de pesquisa e extensão desenvolvidos por acadêmicos de todos os cursos do campus. O curso de Informática participou com dois trabalhos, um de pesquisa e outro de extensão, apresentados na forma de pôster.

 

Trabalhos apresentados:


Informática no Contexto das Escolas Públicas: uma Prática Interativa com a Universidade

Autores: Gabriel Pacheco Gomes, Andrius Jaques, Giovani Benites Martini, Lauren Osório, Anderson Tessis dos Santos e Josiane Fontoura dos Anjos Brandolt

 

Software Educativo Multimídia
Autores: Rafael Vieira Suarez, Gabriel Pacheco Gomes, Giovani Benites Martini, Ernesto Schimidt Oleques e George Rodrigo S. Gonçalves

 

Abaixo estão as fotos da participação.

 

 

Foi divulgada a lista dos trabalhos aprovados para apresentação no Congrega Urcamp 2006. Destes, quatro são do curso de Informática da Urcamp Alegrete, os quais serão apresentados na 4ª Mostra de Iniciação Científica:

 

Software de Gerenciamento para o Jornal Correio do Povo
Autor: Sergio Antonio Martini Bortolin Jr
Orientador: Rafael Araújo Rodrigues

 

Inteligência Computacional Aplicada ao Jogo de Cartas
Autor: Juner Menezes Vieira

Co-Autor: Carla Albanio
Orientador: Alessandro Girardi

 

Simulador atual e futuro de fluxo de trânsito
Autor: Gessany Segabinazzi

Co-Autores: Rafael Quevedo, Sandro Correa, Glauber Gaiaralde Silveira, George Gonçalves
Orientador: Rafael Araújo Rodrigues

 

Software Educativo Multimídia
Autor: Rafael Vieira Suarez

Co-Autores: Giovani Benites Martini, Ernesto Schimidt Oleques, Gabriel Pacheco Gomes
Orientador: Rafael Araújo Rodrigues


 

Os trabalhos serão apresentados na forma de pôster nos dias 9 e 10 de novembro de 2006, em São Gabriel. A lista completa dos trabalhos aprovados está disponível em www.urcamp.tche.br/congrega.

 

O Problema do Troco

23:34 @ 06/10/2006

Suponhamos que no Brasil existem 3 valores de moedas:
- moedas de 1 centavo;
- moedas de 5 centavos;
- moedas de 10 centavos;
 
Qual a melhor maneira de fazer um algoritmo que dê a MENOR QUANTIDADE de moedas possível? Pois a gente tem pouca moeda no caixa :-)
 
Um exemplo, pra dar 15 centavos de troco seria simples, começaria da moeda maior, enquanto ela fosse maior acumularia o valor dessa moeda e diminuiria do valor total, quando fosse menor passaria pra moeda de 5 e assim por diante.
Algo como:

main()
{
      int moeda1 = 1, moeda2 = 5, moeda3 = 10, troco = 15, nummoedas = 0;
      
      while(troco >= moeda3) {
         troco -= moeda3;
         nummoedas++; }
         while(troco >= moeda2) {
            troco -= moeda2;
            nummoedas++; }
            while(troco >= moeda1) {
               troco -= moeda1;
               nummoedas++; }
      printf("Numero mínimo de moedas: %d", nummoedas);
}

Então:
 
10    5    1
10 + 5 = 15
 
Einstein...
 
Agora, seguindo o mesmo raciocínio, porém agora no Brasil, não existe mais a moeda de 10, e sim de 11 centavos.
 
11    5    1
 
Seguindo a mesma lógica, pegaria a de 11, passaria para de 5 que seria maior pois somaria 16, passaria pra de 1 e pegaria 4 destas, então:
11 + 1 + 1 + 1 + 1 = 15
 
Genial não?

Olhe melhor, pois se fosse pego 5 + 5 + 5 seriam apenas 3 moedas e não 5 como o algoritmo gastou.

Então como resolver esse problema? A resposta é busca de profundidade em uma árvore. A partir de uma raiz, são percorridos os ramos até o nó folha que tenha o valor pretendido e recursivamente se consegue saber qual o menor número de moedas para determinado valor de troco. Podemos ver na imagem uma árvore para os primeiros valores.



Podemos ainda, usar para otimizar o algoritmo, uma técnica  chamada backtracking, que desiste da busca em ramos que não interessam para a resposta, como os da imagem que estão eliminados, por somarem valores acima do troco pedido, não podendo mais formar uma resposta correta.

Abraços a todos.

Estão abertas, até o dia 18 de outubro, as inscrições para o IV Salão de Iniciação Científica da Urcamp Alegrete. O evento é dedicado à divulgação dos trabalhos de iniciação científica de alunos de graduação.

 

Para se inscrever, é necessário enviar um artigo com, no máximo, 300 palavras, nas formas impressa (duas cópias) e eletrônica (disquete). A apresentação será na forma de um pôster, a ser fixado em local a ser definido, sendo que os 5 melhores trabalhos poderão ser escolhidos para apresentação oral.

 

O Salão acontecerá no dia 31 de outubro e é uma oportunidade para a divulgação de trabalhos que muitas vezes ficam restritos ao interior do curso e também para a interação com os demais colegas de universidade.

 

Ficha técnica:

 

Data limite para envio de trabalhos: 18/10/06

 

Local de inscrição: Protocolo da Urcamp

 

Valor da inscrição: R$ 10,00

 

Data do evento: 31/10/06

 

Calendário de eventos

Aqui você encontra as datas importantes dos principais eventos relacionados ao curso
de Informática da Urcamp Alegrete, como seminários, congressos, dias de provas, etc.
Visite regularmente e mantenha-se atualizado.