Grupos

Varizes na Gravidez

14:13 @ 24/04/2019

O Que são Varizes? Nosso sangue é carregado por duas classes de vasos: veias e artérias. A artéria transporta o sangue abastado em oxigênio, distanciando-o do coração, e levando em direção ao resto do corpo, nutrindo órgãos e tecidos. A veia transporta o sangue regressando aos pulmões e ao coração, recebendo assim o oxigênio novamente As veias das pernas, conservam válvulas com o propósito de impedir o retorno do sangue aos pés pela ação da gravidade, as varizes são então, veias deformadas ou dilatadas, que surgem ao longo das pernas e podem causar dor e inchaço. Qualquer veia pode ficar varicosa, mas é mais comum as varizes afetar os pés ou as pernas. Isso é decorrente pois ficar sentado por longos períodos ou em pé parado, amplia a pressão nas veias da parte inferior do corpo. O recurso terapêutico pode requerer medidas muito cuidado consigo mesmo ou procedimentos cirúrgicos para remover ou fechar veias afetadas. Varizes na Gravidez Varizes nas pernas são queixas comuns das grávidas, além do desconforto, elas provocam temor nas mulheres gestantes. Na gestação, a principal causa das varizes é a presença dos hormônios femininos, que estão em níveis elevados, eles agem nas veias, estimulando a dilatação e retendo líquidos, finalizando a gestação, quando a barriga está enorme, o útero aperta as veias da localidade do abdome, provocando a dilatação e inchaço, por isso, é perceptível que os hormônios como também útero aumentado motivam a aparição de varizes e o aumento das que já existiam anteriormente. A esperança disso tudo é que com diligência em fazer tratamentos corretos, as varizes podem diminuir e até mesmo ser evitadas. O que fazer Ao observar varizes durante a gravidez, a primeira coisa a ser feita é manter a calma e saber que isso não representa um risco nem para você nem para a saúde do bebê. É possível fazer algumas coisas para tentar amenizar a situação, como: Elevar as pernas: Esse é um método bastante eficaz para melhorar a circulação sanguínea e evitar complicações nas varizes. Praticar exercícios leves: Respeite seus limites da gestação, mas se exercite todos os dias. A regra aqui é se movimentar. O exercício regular é um dos tratamentos mais populares e eficazes para lutar contra as varizes durante a gravidez. Evitar ficar muito tempo em pé ou sentada: O ideal é mudar de posição regularmente. Se você estiver há muito tempo em pé, sente-se e se estiver há muito tempo em pé, levante-se. Evitar o uso de roupas e sapatos apertados: É muito importante que você permita a boa circulação sanguínea para evitar que as varizes se agravem. Assim, evite o uso de roupas apertadas e sapatos que causam desconforto. Além disso, deixe de lado os saltos altos. Ter uma alimentação adequada: Tenha uma dieta equilibrada e saudável para garantir os nutrientes necessários para o desenvolvimento do bebê. Além disso, reduza o consumo de sal, que pode causar inchaço e agravar as varizes presentes no corpo. Também é essencial manter a hidratação adequada. Tomar cuidado com o ganho de peso durante a gestação: É normal ganhar peso durante a gestação. Porém, fique atenta ao excesso de ganho de peso na gravidez, que pode causar uma maior pressão na parte inferior do corpo, piorando as varizes já existentes. Usar meias de compressão: Pode ser que o uso de meias de compressão ajude a aliviar o problema, já que esse tipo de prática estimula o aumento do fluxo sanguíneo no organismo. Tomando todos esses cuidados você evita de ter maiores complicações, apesar de ser uma condição desconfortável, a maioria das pessoas com varizes não desenvolvem complicações. Assim, mesmo que apareçam varizes durante sua gestação, você não deve se preocupar muito.